sábado, 4 de agosto de 2012

Governo da PB pede que Tam reveja suspensão de voo

02/08/2012 - Panrotas

O anúncio da retirada de um dos cinco voos da Tam do Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, em João Pessoa, causou surpresa e mobilizou o governo no Estado e representantes do trade turístico local. A surpresa foi tanta que o governador Ricardo Coutinho está buscando meios de reverter a decisão e encaminhou, na última terça-feira (dia 31), um carta ao presidente da aérea, Marco Antônio Bologna, pedindo a continuidade da operação.

No documento, Coutinho ressalta que 2012 tem sido um “divisor de águas para o turismo paraibano”. Ele afirma que entre embarques e desembarques no aeroporto foram mais de 610 mil passageiros, de acordo com dados da Infraero. “Diante desse quadro animador e positivo, fomos surpreendidos com a informação da suspensão desse voo que chega às 21h50 em João Pessoa. É o melhor horário que temos, pois os demais ocorrem durante a madrugada”, ressalta.

Coutinho acredita que a suspensão trará reflexos negativos para o turismo local e que a médio prazo haverá uma desaceleração do crescimento do setor. O governador pede compreensão do presidente da Tam, de que a medida irá reduzir a demanda de voos somente na madrugada, “o que é um tanto desconfortável para turistas, passageiros habituais e até mesmo para a administração aeroportuária. O Castro Pinto terá uma ociosidade injustificável ao longo do dia”, finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário