sábado, 10 de abril de 2010

Passagens aéreas no País têm menor preço desde 2002




9/4/2010
O Estado de S.Paulo

As informações fazem parte do relatório da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que reúne as tarifas cobradas pelas companhias aéreas em 67 rotas domésticas. Os dados foram divulgados ontem.     Os passageiros pagaram R$ 0,3656 por quilômetro voado em fevereiro, mostrando queda de 26,6% em relação ao mesmo mês do ano anterior.
   
Na comparação com janeiro, quando o yield tarifa era de R$ 0,4096, o resultado representa um declínio de 10,7% nos preços.
   
O preço médio do bilhete aéreo caiu 16,8% entre janeiro e fevereiro, para R$ 253,71, em valores nominais. Em relação a fevereiro de 2009, quando a média de preços.

Foram vendidas no período 1.305.297 passagens, um acréscimo de 21,1% em relação a janeiro passado e de 30,2% ante fevereiro de 2009.
   
Nos dois primeiros meses de 2010 foram comercializados 2.382.767 assentos. O crescimento do número de passagens vendidas foi de 6,6% em relação ao mesmo período do ano anterior.
   
Líbano Barroso, presidente da TAM, disse na semana passada, durante a apresentação do balanço da empresa, que os preços das passagens nas rotas domésticas caíram de 12% a 14% no primeiro trimestre, na comparação com o mesmo período de 2009.
   
Novatas. Uma das principais razões para a queda dos preços é a participação crescente das companhias aéreas de menor porte, como a Webjet e a Azul.
   
A tendência de queda, no entanto, não deve durar muito tempo, segundo a própria Anac. No mês passado, durante evento em São Paulo, a presidente da agência, Solange Vieira, disse que o preço médio das passagens aéreas no País deve aumentar a partir de 2011, puxado pela falta de investimento em infraestrutura aeroportuária no País.
   
Mas, por enquanto, apesar de o futuro não ser muito otimista para os passageiros, que terão de desembolsar mais, a expectativa da Anac é de estabilidade nos preços do serviço de transporte aéreo. Se a previsão da Anac realmente se confirmar, o mercado de aviação comercial reverterá a trajetória de redução de preços dos últimos anos.
   
Em 2009, o preço pago por quilômetro voado foi o menor em oito anos, de R$ 0,48. O valor foi quase 30% abaixo do registrado no ano anterior, de acordo com os dados da Anac.

Nenhum comentário:

Postar um comentário