quinta-feira, 27 de maio de 2010

Espaço aéreo de SP terá o dobro de capacidade em 2012



27/05/2010 - Transporte Idéia
A capacidade de voo no espaço aéreo de São Paulo será duas vezes maior do que a atual em dois anos. A afirmação foi feita pelo chefe de Operações do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), brigadeiro Luiz Cláudio Ribeiro, durante a Cúpula União Europeia – América Latina da Aviação Civil, no Rio de Janeiro.
Ribeiro explicou que uma das medidas adotadas para atingir a meta será a implantação de um sistema conhecido como Performance Baseada em Navegação (PBN). Diferente do que acontece hoje, quando as informações ainda partem apenas de equipamentos instalados no solo, o PBN permite que as informações sobre navegabilidade cheguem às aeronaves também a partir de satélites.
O mecanismo elimina problemas de comunicação entre os equipamentos em solo e a aeronave em função de relevos, por exemplo, como montanhas que podem comprometer o sinal. Partindo dos satélites as informações são mais precisas podendo tornar as trajetórias menores, otimizando o trabalho do controle de tráfego aéreo. Com a redução do tempo de um avião no ar, o número de aeronaves que poderá operar na região será maior.
“O PBN cria procedimentos que usam toda a tecnologia a bordo das aeronaves, permitindo voos mais precisos, o que aumenta a eficiência e quando fala-se em eficiência, fala-se em meio ambiente e também em tempo e conforto”.
O sistema já foi testado e implantado em Brasília e Recife. A expectativa é concluir a implantação no Rio de Janeiro em 2011 e em São Paulo em 2012. E, posteriormente, em Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador e Curitiba.
Fonte: Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário