segunda-feira, 10 de maio de 2010

Movimento de passageiros tem crescimento de 73%, diz Infraero


10/5/2010
Jornal da Paraiba (PB)

Em abril, o movimento de passageiros, no aeroporto Castro Pinto na Grande João Pessoa, registrou mais um forte crescimento (73,16%). De acordo com os dados da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), o número de embarques e desembarques no último mês chegou a 66,8 mil contra pouco mais de 38,6 mil no mesmo período do ano passado. Os  embarques, que representou pouco mais de 51% (34,3 mil) do movimento, cresceram quase na mesma proporção que os desembarques (74,4% contra 73,27%). Em abril, a alta foi mais forte que janeiro (58,79%).
   
De janeiro a abril deste ano, o crescimento de passageiros no Castro Pinto atingiu 71,85% em relação ao primeiro quadrimestre de 2009. Passaram pelo aeroporto da Grande João Pessoa mais de 308,1 mil passageiros contra pouco mais de 179,2 mil do mesmo período do ano passado. Os embarques (160,7 mil) foram pouco mais de 9% superiores aos desembarques (147,4 mil). Já fevereiro (84,88%) e março (76,69%) ficaram com os maiores picos do quadrimestre, porém o movimento de janeiro, mês da alta estação, ainda domina (94,3 mil).
   
O superintendente da Infraero em João Pessoa, José Daniel Sobrinho, revelou que o movimento de passageiro no Castro Pinto cresceu bem acima da média do país (entre 13% a 17%) e em 2010 o movimento de passageiros ultrapassará 800 mil, uma projeção de 60% de aumento nos 12 meses.
   
"Há uma série de fatores que tem contribuído com o fluxo expressivo de embarques e desembarques na capital. Além da melhora da economia, as tarifas promocionais das companhias na baixa estação são mais intensas nesse período, o que alimenta o fluxo de turistas visando preços menores dos pacotes promocionais na baixa estação no Nordeste. Outro elemento crescente é a troca de ônibus pelo avião, pois os passageiros que normalmente viajavam de ônibus estão percebendo cada vez mais que as tarifas praticadas por algumas companhias aéreas, mesmo com valores um pouco acima dos ônibus, são vantajosas, principalmente aquelas oriundas da classe C, que vem ganhando maior poder de compra nos últimos anos", comentou o superintendente da Infraero, acrescentando que o feriadão da Semana Santa no início de abril também contribuiu com a elevação do movimento de passageiros.

De acordo com a Infraero, o movimento de aeronoves diariamente é de 12 voos (seis embarques e seis desembarques). Metade é no período da tarde e outra metade na madrugada. Segundo Daniel Sobrinho, a previsão do voo charter internacional Amsterdã-João Pessoa, que seria para maio, foi adiada para junho. "O Governo do Estado abriu licitação e esse processo deve se estender até junho. Esse deverá ser o mesmo período que a empresa regional Noar irá começar a oferecer voos de João Pessoa para algumas cidades próximas da região como Natal, Mossoró, Caruaru, Fortaleza, Aracaju e Salvador". Aproveitando o aumento do fluxo, a companhia Azul, até o final do ano, deverá também oferecer voos no Castro Pinto.

O superintendente da Infraero em João Pessoa anunciou ampliação do estacionamento para o mês de agosto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário