sábado, 20 de novembro de 2010

Gol marca espaço e lucro cresce 41,2%

18/11/2010 - Webtranspo

Com isso, empresa reverte problemas financeiros

 
Empresa lança três novas rotas no Brasil


Com lucro líquido da ordem de R$ 110 milhões, alcançado no terceiro trimestre, a Gol Linhas Aéreas, reverte o prejuízo de R$ 51,9 milhões que obteve no segundo trimestre deste ano.

O saldo contabilizado de julho a setembro é 41,2% maior que o registrado pela companhia no mesmo período do ano passado.

De acordo com dados divulgados pela empresa, a receita líquida trimestral chegou a R$ 1,78 bilhão, resultado 19,5% maior que o divulgado no mesmo período de 2009 e 12,5% maior que o apurado de maio a junho deste ano.

Marcio Cardoso, diretor da Título Corretora, a Gol se beneficia do bom momento da economia interna e da queda do dólar, que impulsiona a compra de viagens e reduz os custos de manutenção das aeronaves.

Segundo ele, “a taxa de ocupação dos assentos na malha doméstica atingiu 71,1%, quase dez pontos percentuais acima do trimestre anterior”, comenta. No caso das rotas internacionais, a taxa de ocupação cresceu 21,2 pontos percentuais, e avançou de 51,1% no terceiro trimestre de 2009 para 72,2% no trimestre passado.

Novas operações

O bom momento no mercado está servindo para a empresa criar novas rotas no mercado doméstico. A partir do dia 1º de dezembro, a companhia ofertará três novos voos, para Cruzeiro do Sul, no Acre, Belém, no Pará, e Palmas, no Tocantins, a partir de Brasília.

“As novas opções de voos irão reduzir o tempo de viagem para clientes. Com isso, reforçamos a conveniência de nossa malha aérea e avançamos em nossa missão de aproximar pessoas com segurança e inteligência”, disse Leonardo Pereira, vice-presidente responsável pelo Planejamento Operacional da companhia.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário