quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Infraero anuncia R$ 742 milhões para Viracopos, mas aéreas criticam aeroporto

16/12/2010 - EPTV.com - Luciano Calafiori

Terminal pode fechar ano com movimento de 5 milhões de passageiros


 O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, deve receber investimentos de R$ 742 milhões até 2015. Os valores seriam viabilizados pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A informação é da superintendente da Infraero em Viracopos, Lilian Ratto Neves, que participou de um evento em comemoração dos 10 anos do Campinas e Região Convention & Visitors Bureau, nesta quinta-feira (16), em Campinas.

Os investimentos serão, segundo a Infraero, para um novo terminal de passageiros e para adequação do atual, além de aumento do pátio de aviões e da construção da segunda pista de pousos e decolagens. 
Durante o evento, representantes de companhias aéreas fizeram duras críticas ao aeroporto de Campinas, que voltou a receber voos internacionais em julho, com partidas para Portugal. Na próxima semana, começam voos para o Uruguai.

Projetado para receber um milhão de passageiros ao ano, o terminal deve fechar 2010 com 5 milhões de passageiros. Até outubro foram 4,4 milhões, de acordo com dados da Infraero.

Gargalo

As principais críticas das companhias aéreas focam a infraestrutrua do terminal e a burocracia brasileira para a aprovação de novos voos, que envolvem muitos órgãos federais.

Mário Carvalho, diretor da TAP para o Brasil, disse que a empresa portuguesa planeja aumentar os voos partindo de Campinas para diários, ao invés de três vezes por semana. “O ideal seriam voos diários, mas pelas restrições do aeroporto, talvez não seja possível”, afirmou.

 Hoje, os voos da TAP que partem de Campinas têm 90% de ocupação, segundo a empresa, mas se as partidas fossem diárias, esse índice ficaria em torno de 80%, segundo o diretor da empresa no Brasil.
Para a TAP, faltam mais pontos de check-in (procedimento de embarque com checagens de documentos e bagagens), um free-shopp (lojas de produtos importados com isenção de impostos) e restaurantes.
Roberto de Oliveira, representante da Pluna, empresa que opera voos para o Uruguai, a partir do dia 20, reclamou do horário que os aviões vão partir. “Por causa do gargalo, vamos operar a noite, mas não é o ideal”, disse ele.


Questionada sobre as críticas das empresas aéreas, a superintendente da Infraero disse que é “bom” ouvir os clientes. Lilian Neves disse que para 2011 algumas mudanças vão amenizar os problemas do Aeroporto de Viracopos. Vinte e três novas posições de check-in vão ser viabilizadas para os passageiros, além de mais vagas de estacionamento para os passageiros. Também será construído um Módulo Operacional (MOP) que dará mais conforto aos passageiros. O MOP terá toda estrutura de uma sala de embarque e desembarque.

Obras Guarulhos
A pista de decolagens do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, deve ser interditada nos próximos meses para reforma. E o Aeroporto Internacional de Viracopos pode receber voos que partiriam da Grande São Paulo.

A superintendente da Infraero, Lilian Ratto Neves, disse que estudos sobre este assunto estão sendo feitos para saber se o terminal de Campinas comporta voos direcionados de Guarulhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário