sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Aeroporto Internacional de Manaus registra movimentação recorde em 2010

07/01/2011 - Jornal de Turismo

O volume de passageiros no Aeroporto Internacional de Manaus/Eduardo Gomes (AM) foi de 2,7 milhões em 2010, segundo dados da Infraero, fornecidos à Amazonastur (Empresa Estadual de Turismo do Amazonas). Este volume representa um crescimento recorde de 125% em relação ao fluxo de passageiros registrado em 2003, quando 1,2 milhão passageiros passaram pelo aeroporto internacional de Manaus.

O destaque para o levantamento é o fluxo de passageiros internacionais. Em 2003, o volume foi de 36.427. Já em 2010, este número chegou a 150 mil, o que representa um crescimento de 312%, no período. O fluxo de passageiros nacionais em 2010 foi 2,390 milhões, o que representa um crescimento 98% em relação a 2003, quando foi registrado um volume de 1,205 milhão.

De acordo com a presidente da Amazonastur, Oreni Braga, esses dados positivos são reflexos dos trabalhos realizados pelo Governo do Estado, por meio do Órgão Estadual de Turismo em parceria com o trade turístico local, na divulgação da Marca Amazonas nos mercados nacional e internacional. “Além disso, o Governo do Estado, por meio da Amazonastur, vem trabalhando intensamente na articulação junto às companhias aéreas no sentido de ampliar e melhorar a logística dos voos que ligam Manaus aos principais hubs nacionais como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte, com voos diretos e diários”, disse Oreni.

A presidente do Órgão Estadual de Turismo disse ainda que a articulação e a ampliação dos voos diretos e diários permitiu uma excelente oportunidade aos turistas nacionais e estrangeiros a conhecerem o ‘Destino Verde do País do Futebol’. “Manaus ficou mais barato e mais perto do Brasil, e o Brasil ficou mais perto e mais barato para o amazonense que passou a viajar mais de avião. Em épocas passadas, o turista pagava um preço muito alto para chegar ao Amazonas. Atualmente, dependendo da época que ele adquire o bilhete aéreo, ele vem e retorna pagando um valor competitivo aos praticados para os demais destinos nacionais”.

Oreni Braga informou que a Amazonastur, juntamente coma Seplan e Sefaz, vem discutindo com as companhias aéreas a possibilidade de ligar Manaus a Foz de Iguaçu e a Porto Alegre, em voos com escala em Brasília ou em Cuiabá. “Esses voos possibilitarão aos turistas sul-americanos conhecerem o Amazonas, bem como os americanos que entram por Manaus conhecerem o Sul do Brasil. Dessa maneira, Manaus estará conectada com todo o País, pois é estratégico e fundamental essa logística para a Copa 2014”, completou a presidente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário