terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Azul planeja início de operação em Ribeirão

11/01/11 - DCI - Eduardo Schiavoni 

RIBEIRÃO PRETO - Depois da Webjet, que iniciou as operações em dezembro de 2010, Ribeirão Preto deve ganhar, nos próximos meses, uma nova companhia aérea operando no aeroporto Leite Lopes. A Azul planeja ingressar na cidade e a previsão é que o voo comece a ser realizado a partir de março de 2011. A informação é do diretor regional do Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp), Álvaro Cardoso Júnior. Na última segunda, ele recebeu técnicos da empresa para a terceira avaliação da infraestrutura local. A Azul ocupará a área de check-in ao lado da Webjet. Operam ainda Passaredo, Trip, TAM e Pantanal.

Segundo Cardoso Júnior, a empresa deve apresentar em janeiro a documentação à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para autorização dos voos. A Azul deve ocupar de duas a três posições no pátio nos horários de pico - 6h30 às 9h30, 11h às 14h, 15h30 às 17h e 22h. O Leite Lopes será o terceiro aeroporto do interior paulista a receber voos da empresa. A intenção é que, além de São José dos Campos e Campinas, que já contam com a presença da Azul, São José do Rio Preto comece a contar com voos da companhia ainda no primeiro bimestre de 2011.

Segundo informações do site ContatoRadar, possivelmente a aeronave utilizada será o novo ATR. A Azul confirmou, via assessoria, a abertura de novos mercados para 2011, mas não quis dar detalhes do início das operações em Ribeirão.

Ampliação

Durante o ano de 2010, o Leite Lopes registrou quase 700 mil, recorde do aeródromo. Em 2009, foram cerca de 470 mil.

O crescente número de voos e a intenção de novas empresas aéreas de operar em Ribeirão fizeram, inclusive, o Departamento de Aviação do Estado de São Paulo pedir ao estado a ampliação do terminal e a construção de um novo pátio no Leite Lopes.

Álvaro disse que os pedidos serão analisados pela gestão do governador eleito, Geraldo Alckmin (PSDB). O mais urgente é ampliar o pátio. "O aeroporto poderá receber até 18 aeronaves simultaneamente", contou, ressaltando que, hoje, o terminal opera com nove aeronaves ao mesmo tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário