quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Duas novas aéreas podem começar a operar em Londrina em 2011

20/12/2010 - Gazeta Paraná - AMANDA DE SANTA E JULIANA GONÇALVES

Anúncio foi feito durante entrevista coletiva semanal do prefeito Barbosa Neto. Segundo ele, as companhias Passaredo e Azul passarão a operar na cidade

Duas novas empresas aéreas devem operar em Londrina no próximo ano. O anúncio foi feito pelo prefeitoBarbosa Neto (PDT) em entrevista coletiva semanal nesta segunda-feira (20). Segundo ele, a Passaredo Linhas Aéreas, que já operou na cidade anos atrás, e a Azul Linhas Aéreas, que já esteve prestes a se instalar na cidade em 2009, devem operar em Londrina em 2011.

A Passaredo informou, através de sua assessoria de imprensa, que tem interesse em voltar a operar em Londrina, mas que ainda é preciso fazer estudos e planejamentos que viabilizem o projeto.
saiba maisDezoito voos já foram cancelados esta semana em LondrinaAeroporto de Londrina reabre depois de cinco horas fechadoAeroporto de Londrina opera sem restrições para pousos e decolagens

A Azul chegou perto de incluir Londrina em sua malha aérea no ano passado, mas acabou decidindo por se instalar em Maringá. A justificativa foi uma decisão técnica em função do Noroeste do Paraná ter um potencial de mercado melhor que Londrina.

De acordo com sua assessoria de imprensa, a Azul tem a intenção de passar a operação em Londrina, mas ainda não recebeu a hotran, uma autorização da Agência Nacional de Viação Civil (ANAC).

O superintendente da Infraero, Marcus Vinícius Pio, disse que a empresa Passaredo deve começar a operar na cidade já em janeiro. Segundo ele, a empresa possui uma frequência diária de voos para o Rio de Janeiro e capacidade para 50 assentos diários. A empresa ainda não definiu uma data para iniciar as operações.

Pio não confirmou a chegada da Azul Linhas Aéreas em Londrina. Ele afirmou que a cidade tem buscado trazer a companhia há algum tempo, mas que não existe nada oficializado ainda.

Para ele, as principais vantagens da chegada de mais companhias aéreas na cidade são maior concorrência entre as empresas, aumento no número de assentos e oferta de novas rotas. O superintendente da Infraero informou que o Aeroporto Governador José Richa deve fechar 2010 com 728 mil passageiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário