sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Gol registra demanda recorde para o mês de dezembro

07/01/2011 - Jornal de Turismo

A Gol anuncia o aumento da demanda em 4,5% em sua malha aérea total em dezembro de 2010, e taxa de ocupação de 72,5%. O mercado doméstico apresentou crescimento de 4,7%. Segundo a companhia, tal crescimento se deve ao melhor cenário econômico brasileiro, que contribuiu para o maior acesso da nova classe média brasileira ao transporte aéreo no País, além de índices positivos de regularidade e pontualidade, como resultado das medidas adotadas na malha aérea e escala de tripulantes, gerenciamento dinâmico de tarifas, que permitiu o fortalecimento do yield nesse mês, ampliação do número de destinos regionais brasileiros, bem como adição dos mercados operados pela Noar e a recente introdução do acordo comercial com a Passaredo, e foco da companhia em voos de curta duração (cerca de 95% das decolagens da Gol correspondem a voos de até 3 horas).

Em relação ao mês de novembro, houve aumento de 14,0%, refletindo o aumento sazonal da demanda, uma vez que o mês de dezembro representa o período de início das férias escolares, e festas de final de ano, além de possuir um número maior de dias corridos (30 em novembro e 31 em dezembro). A demanda diária apresentou crescimento de 10,3% na comparação com o mesmo período de 2009.

No mercado internacional, houve crescimento de 3,1% em comparação ao ano anterior que, segundo a companhia, ocorreu devido à contínua recuperação da economia da América Latina, além dos seguintes fatores:

- abertura de novos voos operados pela marca Varig para a região do Caribe (Punta Cana, Barbados e St. Maarten);

- crescimento nos voos para o Cone Sul com a operação para o aeroporto central da Argentina (Aeroparque);

- intensificação das operações internacionais com as empresas aéreas parceiras em acordos de code-share;

- reativação das aeronaves B767 para operações de fretamentos internacionais; 

- queda do Real perante a moeda americana, situação que favorece a expansão do turismo nas regiões do Cone Sul e do Caribe.

Em relação ao mês anterior, houve aumento de 12,5% em função da sazonalidade do mês de dezembro, com aumento de 8,9%, considerando a base diária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário