terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Infraero e Prefeitura de Londrina assinam Acordo de Cooperação para ampliação do aeroporto

04/01/2011 - Infraero

O presidente da Infraero, Murilo Marques Barboza, e o prefeito de Londrina, Homero Barbosa Neto, assinaram nesta terça-feira (4/1) um Acordo de Cooperação para ampliação da área do Aeroporto de Londrina/Governador José Richa, visando ao aumento da Pista de Pouso e Decolagem, a instalação de um sistema de pouso por instrumentos categoria I (ILS Cat I) e a modernização dos equipamentos existentes. O documento prevê a incorporação de cinco áreas vizinhas ao aeroporto, ampliando em 1,21 milhão de m² a área atual.

Essa assinatura é o primeiro passo para a modernização das instalações do aeroporto, que prevê a ampliação em 600 m da Pista de Pouso; a construção da pista de taxiamento de aeronaves, bem como a criação de toda infraestrutura para instalação do ILS Cat I e do D-VOR, equipamentos que vão ampliar as condições de orientação das aeronaves que operam no aeroporto. A aquisição e instalação do ILS serão realizadas pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), do Comando da Aeronáutica. Já o D-VOR será adquirido e instalado pela Infraero.

O prefeito de Londrina, Barbosa Neto, destacou os esforços realizados pelo Governo Federal no sentido de possibilitar o crescimento econômico e social do município. "Este Acordo é um passo fundamental para que possamos continuar trabalhando no desenvolvimento econômico e social de Londrina; e temos muito a agradecer à Infraero e ao ministro da Defesa por nos apoiarem nesse objetivo", destacou o prefeito.

O presidente da Infraero destacou os esforços da empresa no sentido de ampliar e modernizar o Aeroporto de Londrina. "Esses investimentos vão modernizar os equipamentos e de Navegação Aérea e contribuir para o desenvolvimento da região", afirmou. Murilo Barboza, em seu discurso, também parabenizou o trabalho realizado pela Torre de Controle de Londrina, operada pela Infraero e responsável pelo controle de aproximação de aeronaves de 19 aeródromos da região, além do próprio Aeroporto Governador José Richa.

O acordo prevê que a Prefeitura de Londrina realize as desapropriações necessárias e transfira os terrenos das cinco áreas ao patrimônio da União, além de retirar obstáculos e edificações que estejam na área de ampliação. Além disso, o município deverá transferir uma adutora de água para fora da nova área, além de manter o aterro sanitário afastado do aeroporto, garantindo a segurança na operação de aeronaves. O presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Kentaro Takahara, listou o que já foi realizado pela Prefeitura no sentido de preservar a área do aeroporto. "Em outubro de 2010 o aterro sanitário foi desativado e diversas árvores que prejudicavam a Área de Segurança Aeroportuária foram retiradas. Isso demonstra o compromisso da Prefeitura de Londrina na ampliação do aeroporto da cidade", frisou Takahara.

Também participaram da solenidade o diretor de Operações da Infraero, João Márcio Jordão, o presidente da Câmara Municipal de Londrina, Gerson Araújo, presidente da Associação Comercial e Industrial de Londrina, Nivaldo Benvenho, e os superintendentes da Regional Sul, Carlos Alberto da Silva Souza, e do Aeroporto de Londrina, Marcus Vinícius Rezende Pio.

À Infraero caberá, em conjunto com o município, realizar a licitação para executar as melhorias nas vias de acesso e no entorno do aeroporto. Exclusivamente à empresa compete solicitar ao Decea a homologação dos auxílios à Navegação Aérea (ILS CAT I e D-VOR) e submeter à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) as mudanças nas áreas operacionais do Aeroporto de Londrina para homologação do sítio aeroportuário.

As melhorias no Aeroporto de Londrina tem prazo para execução de 60 meses após a assinatura do acordo.

Assessoria de Imprensa - Infraero
imprensa@infraero.gov.br 
www.twitter.com/canalinfraero

Nenhum comentário:

Postar um comentário