quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Obra em Confins (MG) terá concorrência internacional

05/01/2011 - Panrotas

A Infraero lançou nesta quarta-feira (5/01) o edital para contratação das obras e serviços de engenharia para reforma, ampliação e modernização do Terminal de Passageiros do Aeroporto Internacional de Confins/Tancredo Neves (MG). O aviso foi publicado no Diário Oficial de União. 

O orçamento para execução das obras é de R$ 295,2 milhões e as propostas das empresas interessadas, bem como os documentos de habilitação deverão ser entregues no dia 21 de fevereiro, data da abertura das propostas, na Sede da Infraero, em Brasília. 

A escolha da empresa que executará as obras se dará por meio de concorrência internacional. “A internacionalização do processo objetiva ampliar a disputa e obter condições mais vantajosas para a Infraero”, avalia o presidente da Infraero, Murilo Marques Barboza. 

Com as obras, o Terminal de Passageiros passará de 60,3 mil m² para 67,6 mil m², aumentando a capacidade dos atuais 5 milhões para 8,5 milhões de passageiros por ano. “Ao final das obras, os passageiros terão um aeroporto com mais conforto e capaz de atender a demanda da aviação civil”, afirma o presidente da Infraero. 

O edital está disponível na Sede da Infraero e pode ser retirado mediante pagamento de taxa de R$ 20 ou sem custos pelo site www.infraero.gov.br/portal_licitacao/.

Além das obras no Terminal de Passageiros, o Aeroporto Internacional de Confins terá sua pista de pouso e decolagens aumentada em 600 metros, bem como o pátio de aeronaves expandido de 86 mil para 300,4 mil m². Para esse empreendimento, cujo edital está em fase de conclusão, a Infraero planeja investir R$ 170,5 milhões. 

Em julho de 2010 a Infraero concluiu as obras de construção do novo Estacionamento de Veículos do Aeroporto Internacional de Confins. O novo espaço - chamado de "Estacionamento E", conta com 1.538 vagas, que ampliou para 2.938 o número de vagas disponíveis. 

A obra, que teve investimento de R$ 8,6 milhões, faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal e é um dos vários investimentos que visam a maximizar a capacidade operacional do aeroporto e proporcionar maior conforto e agilidade aos usuários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário