segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Obras em três aeroportos da Infraero terão apoio do exército brasileiro

17/01/2011 - Jornal de Turismo

A Infraero garante que terá a parceria do Exército Brasileiro para a execução de serviços de melhoria em três aeroportos: Guarulhos (SP), Porto Alegre (RS) e Rio Branco (AC). Essas parcerias têm o objetivo de acelerar o andamento das obras, garantindo a ampliação e modernização dos aeroportos para atendimento da demanda projetada para o setor aéreo.

No Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos - Governador André Franco Montoro, o novo Termo de Cooperação Técnica a ser assinado com o Exército Brasileiro - que atualmente executa as obras de ampliação do Sistema de Pátio e Pista desde junho de 2010 - contempla os serviços de terraplanagem para a construção do Terminal de Passageiros 3. "O projeto básico desses serviços já está concluído e, em dois meses, o projeto executivo também estará finalizado", destacou o diretor de Engenharia e Meio Ambiente da Infraero, Jaime Henrique Caldas Parreira. Nesse ínterim, algumas etapas da obra já serão realizadas, como o resgate da fauna existente, supressão da vegetação e, por fim, limpeza do terreno. "Após esses processos, será iniciada efetivamente a terraplanagem do complexo do Terminal 3", destacou o diretor. Esse Termo de Cooperação Técnica e Financeira prevê investimentos de R$ 350 milhões.

Em Porto Alegre, a parceria firmada com o Exército Brasileiro contempla a atualização e a complementação do projeto executivo do prolongamento e macrodrenagem da pista de pouso e decolagem do Aeroporto Internacional Salgado Filho (RS). O projeto também abrange serviços semelhantes na pista de táxi Delta. Os investimentos da Infraero nessas melhorias serão de aproximadamente R$ 4,4 milhões.

Para o Aeroporto Internacional de Rio Branco/Plácido de Castro (AC), a Infraero assinou um Termo Aditivo para prorrogar o prazo de vigência do convênio - já firmado com o Exército Brasileiro - para recuperação da pista de pouso e decolagem. Em abril/2010, o Exército Brasileiro, por meio do DEC (Departamento de Engenharia e Construção), iniciou os trabalhos na pista, que tem como objetivo ampliar os níveis de segurança às operações no aeroporto. O Termo Aditivo prevê investimentos de R$ 1,4 milhão. No total, a Infraero vai investir R$ 4,4 milhões na recuperação da pista do Aeroporto de Rio Branco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário