segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Aviação regional cresce 4 vezes maior que PIB

29/07/11 - Jornal da Manha, Daniel Lian

No entanto, se os investimentos já são complicados para grandes terminais, imaginem para pequenos?

A aviação regional tem índice de crescimento quatro vezes maior que o do PIB, mas infraestrutura não acompanha o ritmo. Para ajustar as condições dos 180 aeroportos espalhados pelo interior do Brasil, seriam necessários R$ 3 bilhões.

No entanto, se os investimentos já são complicados para os grandes terminais, imaginem para os pequenos? Com o aumento da renda da população, muitas pessoas têm dado preferência a viagens de avião ao invés de enfrentar horas em um ônibus. Publicidade

De acordo com o presidente da Associação Brasileira de Aviação Geral, Francisco Lira, os voos regionais passaram a receber acentuada procura. Lira lembrou ainda a enorme defasagem na infraestrutura aeroportuária e apontou a necessidade de uma resolução urgente. “O Brasil precisa repensar o modelo de investimento em infraestrutura aeroportuaria para acompanhar essa pressão na demanda”.

As rotas regionais registram franca expansão e este novo nicho do mercado tem chamado a atenção das empresas. A Trip Linhas Aéreas aposta suas fichas no segmento, onde dificilmente operam as grandes companhias, como TAM e Gol.

Em entrevista ao repórter Daniel Lian, o diretor de Marketing e Vendas da Trip, Evaristo Mascarenhas, assinalou que o interior tem potencial expressivo. Mascarenhas revelou que rotas de menor densidade acabam esquecidas pelas empresas, por isso, o foco direcionado às pequenas cidades.

Com a industrialização chegando massivamente ao interior do Brasil, as companhias têm aproveitado a situação para expandir suas rotas. Diante do novo cenário, os viajantes podem seguir diretamente aos seus destinos sem precisar passar pelas capitais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário