sábado, 27 de agosto de 2011

Voo doméstico da Gol terá entretenimento de bordo

26/08/2011 - Folha de São Paulo

Passageiro poderá acessar programação que será atualizada diariamente

Conteúdo viabilizado por parcerias poderá ser assistido em tablets ou celulares dos passageiros a bordo

MARIANA BARBOSA
DE SÃO PAULO

A partir do dia 1º, passageiros da Gol poderão acessar uma programação de notícias e entretenimento no próprio celular, tablet ou notebook por meio de uma conexão sem fio.
O novo serviço, chamado "Gol no Ar", será gratuito e estará disponível, inicialmente, em 250 voos diários. Até o fim do ano serão 400 voos.
Ao fim de 2012, o serviço deverá atingir a totalidade da malha (cerca de 900 voos).
O conteúdo não é em tempo real, mas a companhia promete atualizá-lo pelo menos uma vez por dia.
A atualização será feita automaticamente toda vez que a aeronave pousar em um dos dez aeroportos equipados com um servidor: Congonhas, Guarulhos, Galeão, Santos Dumont, Confins, Salvador, Porto Alegre, Brasília, Belém e Fortaleza.
A intranet poderá ser acessada inicialmente em aparelhos da Apple (iPhones, iPads e iPods Touch) e também notebooks que usem a tecnologia Wi-Fi.
Outros smartphones, como BlackBerry, terão acesso limitado nesse primeiro momento. Aparelhos com sistema Android terão de esperar até o início do próximo ano.
O conteúdo será fornecido por meio de parcerias com a Globosat (SporTV, Multishow, GNT, Canal Brasil), a editora Abril e as rádios CBN e Globo. Haverá ainda canais de jogos e música.
"Essa é uma plataforma inédita na aviação comercial", diz Claudia Pagnano, vice-presidente de mercado e novos negócios da Gol.

"E ela é condizente com nosso modelo de negócios de baixo custo, sem a necessidade de investimentos em centenas de monitores de TV, fios e todo custo de instalação e manutenção", afirma.

Pagnano diz que a companhia não tem planos, com a tecnologia existente hoje, de permitir acesso à internet. "Não deixamos de vislumbrar essa plataforma, mas os custos hoje seriam muito altos."

A tecnologia permitirá à companhia conhecer o comportamento dos passageiros.
"Eu consigo saber qual conteúdo foi baixado e em que tipo de aparelho", afirma a executiva. "Isso nos permitirá aprimorar o conteúdo, que poderá inclusive ser regionalizado."
A Gol também pretende faturar vendendo espaço publicitário na nova intranet.
A companhia já tem 35 aeronaves habilitadas com o serviço. Um ícone na frente da cabine ajudará a identificar se ele está disponível.
Os primeiros voos com o serviço serão os da ponte aérea Rio-São Paulo. Cerca de 80% dos voos nessa rota irão oferecer o serviço no dia 1º.

Nenhum comentário:

Postar um comentário