segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Azul pretende lançar voos para outros países da América do Sul em 2012

12/12/2011 - Melhores Destinos

Enquanto aumenta sua rede de destinos no Brasil, a Azul se prepara para um voo ainda mais alto no próximo ano: rotas internacionais para cidades da América do Sul. De acordo com o fundador da companhia, David Neeleman, o primeiro destino já está definido - o badalado balneário de Punta Del Leste, no Uruguai. A data de início, todavia, ainda não foi definida.
“Por enquanto vamos voar por perto. Ainda não temos equipamento para voos internacionais mais longos, mas vamos receber cinco novos jatos da Embraer até 2015″, disse o executivo em entrevista ao jornal Brasil Econômico.

Segundo a publicação, os jatos Embraer 195 encomendados pela Azul têm autonomia de voo de cerca de 4 mil quilômetros, suficientes para alcançar vários destinos na América do Sul.
Além dos planos de internacionalização da empresa, Neeleman afirmou ao jornal que espera um aumento de 25% no faturamento da companhia em 2012 graças à estratégia de ampliação do transporte regional, em especial após o acréscimo dos turboélices ATR à sua frota. Para isso, a Azul planeja passar de 49 para 63 aviões e de 42 para 60 rotas no próximo ano.
“Há muita gente querendo voar, precisamos chegar até esses locais e resgatar esses passageiros. Essas pessoas são as que usam o sistema rodoviário para se locomover entre estados”, afirmou ao jornal.

De acordo com o empresário, atualmente cerca de 150 milhões de brasileiros têm condições de viajar de avião e 85% dos passageiros da companhia estão voando pela primeira vez. “A fase é muito boa”, disse.

A Azul completa três anos no próximo dia 15 com a marca de 15 milhões de passageiros transportados no país. Neste período, a aérea conseguiu conquistar 10% do mercado brasileiro, ocupando a terceira posição de mercado, atrás de TAM e GOL.

A expansão da Azul é sempre uma ótima notícia em nosso mercado aéreo cada vez mais concentrado nas duas maiores companhias. Vale lembrar que a empresa tem ensaiado o início de suas  operações internacionais por meio de vários voos fretados para Buenos Aires. Esperamos que com este novo mercado a empresa ganhe musculatura para competir também nos preços, por meio de mais promoções em suas linhas.

E você? É a favor das rotas internacionais da Azul? Deixe sua opinião nos comentários!
Você pode ler a matéria completa no site do jornal Brasil Econômico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário