quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Trip quer transportar 8 milhões de passageiros em 2012

25/01/2012 - Mercado e Eventos

Os números referentes a 2011 ainda não estão consolidados, no entanto, a Trip Linhas Aéreas espera que se confirme um avanço de 60% no faturamento em relação a 2010, com R$ 1,2 bilhão, e cerca de 5,3 milhões de passageiros transportados. As metas para este ano são agressivas. A companhia pretende crescer pelo menos 50% em faturamento e transportar 8 milhões de passageiros. Os destinos atendidos, hoje 88, devem chegar a 95 até o final do ano.

As informações são do diretor Comercial da empresa, Evaristo Mascarenhas, que recebeu nesta quarta-feira (25/01) o vice presidente-executivo do Grupo Folha Dirigida, Roy Taylor, e a diretora de Marketing Internacional da Folha do Turismo/Mercado & Eventos, Rosa Masgrau, na sede da empresa, em Campinas.

De acordo com o executivo, um dos motivos que impede um crescimento ainda maior da Trip é a infraestrutura dos aeroportos no país. Ele explicou que existem diversas cidades pequenas e médias que contam com demanda, mas seus aeródromos não permitem uma operação da companhia. “Isso reduz a nossa capacidade de expansão. Mas vamos continuar a nossa missão de desenvolver novos destinos”, disse.

Mascarenhas ressalta que mesmo atendendo as capitais, a companhia continua procurando novos destinos que demandam rotas regulares para os hubs atendidos pela Trip. “Não queremos a classe C, D ou E. Nosso foco é a classe I, de interior”, destacou. “O papel da Trip na aviação civil brasileira é justamente desenvolver novos destinos. Tanto que temos 30 destinos exclusivos no país”, completou.

Nordeste - Nos próximos dias, a companhia receberá mais um ATR 72. A aeronave, que se encontra em traslado rumo ao Brasil, vai atender o voo que liga as principais capitais nordestinas. A frequência começa em breve e será a terceira da Trip nesta rota. A segunda entra em operação neste final de semana. “Este voo entre as capitais nordestinas era muito demandado. O que existia antes com outras empresas eram à noite e no meio da tarde. Por isso não atendia as necessidades dos passageiros corporativos”, contou. “As nossas frequências chegam pela manhã e saem no final do dia”, complementou.

Internacional - Neste verão, a Trip fez os seus primeiros voos internacionais. Por meio de fretamentos de operadoras de Manaus e de Porto Alegre, a companhia voou para St Marteen, Aruba e Buenos Aires. A operação, segundo Mascarenhas, irá se repetir no Carnaval. No entanto, ele revela que a companhia já se prepara para voos mais altos neste quesito.
“Esses primeiros voos foram uma experiência importantíssima. Já estamos em processo para receber o certificado IOSA para operar voos internacionais regulares”, disse. Embora confirme que já existem estudos sobre os destinos que devem ser contemplados, Mascarenhas não revela quais serão as primeiras frequências internacionais da Trip. “Claro que não vamos voar Guarulhos-Buenos Aires. Teremos opções diferentes, como voos mais próximos das fronteiras”, adiantou. A previsão é de que isso ocorra entre o final de 2012 e início de 2013.

Clique no ícone acima da matéria para ver algumas fotos da sede da Trip em Campinas que conta com 5,5 mil m² e abriga boa parte dos 3.500 funcionários da empresa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário