segunda-feira, 12 de março de 2012

Movimento em aeroportos regionais de SP deve crescer

09/03/2012 - Paraná-online

AE - Agência Estado

Segundo o vice-governador, somente após uma decisão a respeito do novo aeroporto o governo poderia levar adiante o plano de conceder à iniciativa privada os aeroportos regionais. "Falta na região metropolitana de São Paulo um novo aeroporto que viabilize um crescimento maior dos aeroportos regionais do interior, hoje contido pela falta de um hub", afirmou, referindo-se aos aeroportos que funcionam como centros de distribuição de passageiros para outros destinos.

O governo estuda propostas para um novo aeroporto na região de São Paulo que seja gerido pela iniciativa privada, por meio de concessão ou Parceria Público-Privada (PPP). O assunto é tema de discussão no Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de São Paulo, que abrange 39 municípios.

Três municípios apresentaram propostas para receber o aeroporto, segundo o secretário de Desenvolvimento Metropolitano, Edson Aparecido: Caieiras, Mogi das Cruzes e São Bernardo do Campo. Mas, de acordo com ele, as discussões ainda estão em fase "embrionária".

Segundo Luciano Almeida, o aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, teve movimentação de 29,9 milhões de passageiros no ano passado, entre voos domésticos e internacionais. A expectativa é de que até 2025 a demanda seja de 60 milhões no Estado. "Mesmo com a ampliação de Cumbica e com novas pistas, há necessidade de um terceiro aeroporto na região metropolitana", afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário