segunda-feira, 9 de abril de 2012

Entidade quer 80 voos extras no Brasil durante período da Copa do Mundo

07/04/2012 - O Povo - CE

Deu a louca na Fifa

A lista de exigências e caprichos da Fifa para a realização da Copa do Mundo no Brasil acaba de aumentar. A entidade quer pelo menos 80 voos extras em dias de jogos durante a competição. A recomendação faz parte de um documento, ao qual a Agência Estado teve acesso, que trata dos aspectos turísticos do evento que ocorrerá daqui a pouco mais de dois anos.

O cálculo feito pela Fifa para estimar a necessidade de transporte aéreo leva em conta a capacidade da arena de cada cidade. Pelo estudo da entidade, é preciso ter condições para deslocar 20% do total de espectadores que ela comporta. Por exemplo, em um estádio para 40 mil pessoas, o mínimo permitido no Mundial, é preciso atender a 8 mil pessoas nas dez horas anteriores e posteriores ao jogo. Contando com uma média de 200 assentos por avião é que a entidade chega ao número de 80 novos voos.

Aplicando-se os números ao maior estádio da Copa, o Maracanã, chega-se a uma recomendação de 152 voos extras para atender à demanda em cada um dos sete jogos que acontecerão no Rio de Janeiro. Em relação à parte aeroportuária, o trabalho não trata de aspectos pontuais, como a maior demanda por jogos de seleções de países vizinhos, por exemplo.

O estudo da Fifa defende a adoção de estruturas de controles de passaporte temporários em aeroportos e de se adequar a infraestrutura dos terminais durante o evento. Há, ainda, preocupação com a mobilidade urbana, com a sugestão de um sistema de transporte público específico para os dias de jogos, além da utilização integrada das estruturas de ônibus, trens e metrôs já existentes. (Agência Estado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário