domingo, 6 de maio de 2012

Embraer avança em projeto do Legacy 500

03/05/2012 - Webtranspo

Programa passou por testes como de taxiamento e GVT -

A Embraer está desenvolvendo um novo jato, o Legacy 500, pertencente à categoria midsize, com alcance de 5.560 quilômetros que deverá alçar voo no terceiro trimestre deste ano. Recentemente, a companhia realizou testes importantes para o avanço do programa, como taxiamento e o início dos GVT (Testes de Vibração em Solo). Além disso, a empresa ainda teve progresso com o segundo e terceiro protótipo da aeronave. Concomitantemente a este projeto, a fabricante deu início a Fase de Definição Conjunta (Joint Definition Phase – JDP) para a aeronave irmã, o jato executivo midlight Legacy 450, com alcance de 4.260 quilômetros.

“Alcançamos marcos importantes que nos deixam confiantes de que poderemos realizar o primeiro voo do Legacy 500 no terceiro trimestre deste ano, conforme planejado”, disse Marco Túlio Pellegrini, Vice-Presidente de Operações e COO da Embraer, aviação executiva. “Os testes demonstram que a aeronave está muito madura em termos de design e integração de sistemas. Enquanto o Legacy 500 inicia a fase de testes, o desenvolvimento do projeto Legacy 450 cresce, com a JDP já bem avançada”, completou.

Os testes de taxiamento e GVT, no primeiro protótipo, se iniciaram em março, alcançando 40 nós e, depois, 80. Simultaneamente, a fabricante realizou os primeiros acionamentos do sistema elétrico e também a junção asa-fuselagem no protótipo dois. Os avanços, no programa, ainda contemplaram a junção de fuselagem do protótipo três, que será o primeiro a ter o interior completo.

A companhia também fez uso nos testes da bancadas de ensaio. Uma das ferramentas utilizadas foi o Iron Bird, uma plataforma integrada para avaliação de comandos de voos, que checou os equipamento e componentes dos comandos de voo fly-by-wire, aviônicos, sistema hidráulico e várias outras interfaces de sistema.

O projeto da aeronave conta com mais de 800 engenheiros que visam conseguir a certificação do jato pela ANAC (Brasil), FAA (EUA), EASA (Europa) e outras autoridades de aviação em mercados-chave em todo o mundo.

Os novos modelos da fabricante brasileira – tanto o midlight Legacy 450 quanto o midsize Legacy 500 – receberam cabines maiores que outras aeronaves de seu segmento e motores mais econômicos.

O midlight Legacy 450 foi desenvolvido para o transporte de até nove passageiros, com alcance variando em função do número de ocupantes. Com quatro pessoas a bordo, o avião tem autonomia de 4.260 quilômetro, já com todos os assentos ocupados, o alcance é de 4.070 quilômetros.

Já o midsize Legacy 500 pode levar até 12 passageiros. Ele é projetado para um alcance de 5.560 quilômetros com quatro passageiros, ou 5.190 quilômetros com oito passageiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário