quarta-feira, 27 de junho de 2012

Aeroporto de Aracati -  99% de terminal estão concluídos

16/06/2012 - Diário do Nordeste

Melquíades Júnior

Aracati. Falta pouco para a conclusão do Aeroporto Dragão do Mar, em Aracati. Passados três anos desde o prazo inicial para entrega, a obra, que custou R$ 23 milhões, será entregue, espera-se que sem mais adiamentos, no início do próximo semestre. De acordo com a Secretaria de Turismo do Estado (Setur), o Terminal de Passageiros está com 99% de conclusão. Além de incrementar o turismo no Litoral Leste, o local será uma alternativa ao Aeroporto Pinto Martins, em Fortaleza.

A TAM Aviação Executiva deverá ter lá um centro de tecnologia, manutenção, comercialização de aeronaves e prestação de serviços. A região litorânea espera receber turistas e mesmo as delegações das seleções que jogarão no Ceará durante a Copa do Mundo.

O aeroporto se chamará "Dragão do Mar". A obra, que custou R$ 23 milhões, será entregue, espera-se que sem mais adiamentos, no início do próximo semestre. Deve receber turistas durante a Copa do Mundo de 2014

O turista que vem ao Ceará para conhecer as belas praias poderá não precisar ir a Fortaleza antes de tudo. O que era apenas uma pista de pouso para aeronaves em situações excepcionais às rotas aéreas cearenses está se tornando num aeroporto propriamente dito. E ficará a um pulo da Praia de Canoa Quebrada, um dos principais destinos praianos do Nordeste.

A pista de pouso possui 2,2 mil metros de cumprimento (somada área de escape) e 30 metros de largura, com vida útil de 20 anos e capacidade para operar até 1.200 movimentos por ano. O pátio de estacionamento de aeronaves terá 13 mil metros quadrados.

Dragão do Mar

O aeroporto do Município de Aracati deverá trazer o nome do filho mais ilustre da cidade: Francisco do Nascimento, ou melhor, "Dragão do Mar". A obra contou com recursos do Ministério do Turismo com contrapartida do Governo do Estado. Foram R$ 16 milhões para a reconstrução da pista e R$ 7 milhões para o terminal de passageiros. O espaço ainda facilitará o escoamento de frutas para exportação - fica a no máximo 100 quilômetros dos dois principais perímetros irrigados do Ceará, o Tabuleiros de Russas e o Jaguaribe Apodi.

A TAM Aviação Executiva assinou neste ano um Memorando de Entendimentos com o Governo do Estado, para instalação de um centro de tecnologia, manutenção e comercialização de aeronaves e prestação de serviços aeronáuticos. A base operacional atenderá o Norte-Nordeste e a América Central, oferecendo serviços técnicos para aviões executivos de pequeno e médio portes. O contrato da TAM com o Governo Estadual incluirá a concessão, por dez anos, de um hangar de 10 mil metros quadrados, com 50% de incentivo estadual - o hangar custará R$ 26 milhões e gerará aproximadamente 150 empregos diretos logo no início das operações.

Segundo o secretário do Turismo Bismarck Maia, as obras fazem parte de uma série de investimentos em macroestruturas que visam desvincular os polos turísticos de Fortaleza. "O turismo do Ceará só cresce de forma sustentável se tivermos vários produtos turísticos, além e independentes de Fortaleza, embora complementares", que esteve nesta semana em Brasília para tratar da continuidade das obras do Aeroporto Internacional de Jericoacoara, em Cruz.

Paralisadas

As obras do Aeroporto de Jericoacoara estão paralisadas há duas semanas. Falta o governo pagar ao consórcio de empresas responsáveis pela obra. É a segunda paralisação só neste ano. Bismarck disse que o atraso só ocorreu porque falta liberação de recursos pelo Ministério do Turismo. Atualmente, 40% da obra está concluída.

Mais informações:
Secretaria do Turismo do Ceará
Setur 
Fortaleza
Telefone:
(85) 3101.4661
I

Um comentário: