quarta-feira, 27 de junho de 2012

"Puxadinho" em Confins é adiado de novo

19/06/2012 - Geórgea Choucair - Estado de Minas

A licitação das obras do Módulo Operacional Provisório (MOP) no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, foi adiada para agosto. As obras do chamado “puxadinho”, que vai ser o principal apoio do empreendimento durante o aumento de tráfego na Copa de 2014, estavam marcadas para começar em março e terminar em um ano. Mas já estão atrasadas. A obra vai contar com R$ 100 milhões de investimento e aumentar a capacidade do terminal em 4,9 milhões de passageiros ao ano. 

Amanhã, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) faz audiência pública sobre o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e o Relatório de Impacto Ambiental (Rima) do terminal de passageiros 2 e seus anexos, edifício garagem e sistema viário interno, do “puxadinho”, da ampliação do terminal de cargas e ampliação do reservatório de água potável. Estarão presentes representantes da Infraero, dos órgãos ambientais de Minas Gerais, da consultoria Praxis (responsável pela elaboração dos estudos ambientais) e do governo do estado.

Em setembro, a Infraero planeja iniciar as obras da pista de pouso e decolagem do aeroporto, onde vai investir R$ 169 milhões. Depois das intervenções, a pista vai passar de 3 mil para 3,6 mil metros e o pátio vai aumentar 192,4 mil metros quadrados. A reforma do terminal 1, que vai consumir investimentos de R$ 236,5 milhões, está em curso e vai ser feita em nove etapas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário