quinta-feira, 9 de agosto de 2012

CTI-NE e Sudene querem redução do ICMS sobre o querosene de aviação

08/08/2012 - Mercado & Eventos, Rafael Massadar

Dando continuidade às discussões sobre a malha aérea do Nordeste , órgãos do setor turístico estiveram reunidos, na manhã de ontem, dia 7, na sede da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), no Recife. O objetivo do projeto, de iniciativa conjunta da Superintendência e da Comissão de Turismo Integrado do Nordeste (CTI-NE), é criar estratégias para fortalecer a malha aérea regional e promover sua expansão.

No encontro, que teve a participação da Sudene, dos secretários de turismo dos estados e de quatro companhias aéreas, foram apresentados os objetivos da expansão, os resultados esperados, principais entraves e consequências sofridas pelos estados da região em decorrência da deficiência da malha aérea.

Alagoas foi representada pelo superintendente de Investimentos de Turismo da Setur, Marcos Pradines. Segundo ele, como resultado final da reunião, os estados do Nordeste, além de Minas Gerais e Espírito Santo, vão agir em bloco para propor a redução do ICMS sobre o querosene de aviação. 

Segundo Pradines, para que o objetivo do projeto seja alcançado é necessária a criação de estratégias que visem o incentivo fiscal e tributário para as companhias aéreas. “Essa proposta vai contribuir para o incremento da malha aérea do Nordeste, com a criação de novos roteiros e ampliação dos já existentes, tanto para pessoas como para cargas”, enfatizou.
Um novo encontro, na Sudene, ficou marcado para o dia 13 de setembro, onde o assunto será retomado e apresentadas as novas diretrizes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário