sábado, 18 de agosto de 2012

Projeto de heliporto 24 horas preocupa moradores do Alto da Lapa

15/08/2012 - Folha de São Paulo

A instalação do novo heliporto já preocupa um grupo de pessoas: os moradores do Alto da Lapa, na zona oeste, principalmente pela possibilidade de funcionar 24 horas.

A Associação dos Moradores pela Preservação dos Bairros Alto da Lapa e Bela Aliança se mobiliza há alguns anos contra o uso do bairro como rota de helicópteros. Chegaram a contar quantos passavam pela região tombada: em maio de 2011, foram 34 helicópteros em seis horas.

"É uma situação insuportável, porque passam muito baixo, não obedecem as rotas", diz a presidente da associação, Maria Laura Fogaça Zei. "Um novo heliporto só vai atrapalhar."

César Parizotto, presidente da Helibase, que constrói o novo heliponto HBR, diz que os helicópteros vão seguir os corredores atuais, em rotas previstas pela Aeronáutica.

HANGARES

Diz também que a região é adequada para esse uso, por ser área industrial, e que, somando-se à localização dos outros heliportos e dos aeroportos da cidade, os hangares estão bem distribuídos.

Para o professor da USP Jorge Leal, o novo heliporto fará a demanda de helicópteros crescer mais e, consequentemente, o número de voos na cidade.

Ele concorda que muitas vezes a altitude mínima não é obedecida pelos pilotos. "O poder público tem que fiscalizar a altitude, mantendo dentro de certo limite." (CRISTINA MORENO DE CASTRO)

Nenhum comentário:

Postar um comentário