sábado, 1 de setembro de 2012

Azul e Trip anunciam nova marca

01/09/2012 - Azul

A companhia resultante da união entre a Azul Linhas Aéreas e a Trip Linhas Aéreas, após aprovação das autoridades governamentais, já tem uma nova marca definida: Azul. Pesquisas encomendadas pelas empresas apontaram que a Azul detém hoje uma marca com maior presença e, portanto, com maior conhecimento no Brasil e no mundo.

Uma nova identidade visual foi criada, trazendo elementos da Trip que preservam o legado desta marca no novo logotipo. Confira as principais mudanças que simbolizam a união entre as duas companhias:

- A letra “U” na palavra “Azul” passa a ser grafada em tons contrastantes com as letras “A”, “Z” e “L”, de forma a evocar a logotipia atual da Trip, onde a letra “I” é grafada em tonalidades distintas das letras “T”, R” e “P”;

- Além de remeter ao logo da Trip, a letra “U” destacada em outra tonalidade simboliza a “união” das duas companhias em torno do objetivo de ser a companhia número 1 na escolha dos Clientes;

- As expressões “Linhas Aéreas Brasileiras” e “Brazilian Airlines”, que hoje fazem parte da marca, deixam de existir, uma vez que a empresa já se consolidou como uma companhia aérea e brasileira;

- As duas empresas passam a incorporar uma assinatura e um selo alusivo ao momento de integração nas aeronaves, cujo tema é “Azul e Trip: juntas pelo Brasil.”

- Como já é tradição da Azul “batizar” suas aeronaves, todos os aviões da Trip ganharão “padrinhos e madrinhas”, que darão nomes aos aviões;

- As aeronaves da Trip terão sempre uma faixa na cor prata, elemento presente na identidade atual da empresa;

- Um Embraer e um ATR da Trip serão mantidos com as pinturas atuais, para todo o sempre;

- Um Embraer 195 ganhará uma pintura especial tendo como base a cor prata, presente na identidade da Trip, simbolizando a união das duas empresas;

O trabalho de implantação de uma única identidade corporativa para as duas companhias encontra-se em fase de preparação e desenvolvimento de sua normatização para eventual aplicação. Quando da aprovação do acordo pelas autoridades, ele será gradativamente adotado em todas as aplicações da marca;

Para David Neeleman, CEO e presidente do Conselho da Azul Linhas Aéreas, escolher entre os dois nomes foi uma decisão difícil, pois as duas aéreas souberam construir suas imagens de forma primorosa nos últimos anos. “Esse é o resultado esperado quando o discurso está alinhado com a prática. Ambas as companhias foram hábeis nessa relação e por isso construíram marcas que comunicam os atributos a ela desejados. Logo, a dificuldade de optarmos por uma”, conclui Neeleman.

"Estou contente com a definição e adoção de uma marca unificada. Isto nos tornará muito fortes, maximizará nossos investimentos, e acima de tudo representará um legado unificado" diz José Mário Caprioli, presidente da Trip Linhas Aéreas.
 
Fusão

Pensando nas possíveis dúvidas que possam surgir sobre a associação da Azul com a TRIP, criamos um espaço em nosso site para esclarecê-las. Nesse espaço, que será frequentemente atualizado, você encontrará informações sobre todas as novidades e mudanças a respeito das operações envolvendo as duas companhias.

01 Comprei uma passagem pela TRIP para Congonhas, o voo permanece inalterado?
02 Minha passagem é da TRIP e quero alterar. Posso trocar por uma passagem em um voo da Azul?
03 Perdi meu voo da Azul. Posso embarcar na TRIP?
04 Estou com a passagem para o ano que vem. Terá alterações?
05 Os valores das passagens vão se alterar? A Trip vai baixar os preços?
06 Tenho uma passagem comprada pela Trip ou pela Azul. Alguma coisa muda?
07 Nas rotas em que há voos da Azul e da Trip qual será mantido? Vão cancelar alguma rota?
08 Os clientes da Trip poderão usar os ônibus da Azul? A partir de quando?
09 O programa de milhagem sofrerá alterações?
10 O padrão de produtos/serviço de bordo será da Azul ou da Trip?
11 Haverá tevê ao vivo nas aeronaves da Trip?
12 Clientes da Trip podem comprar passagens pela Azul e vice-versa?
13 Quais os planos da Azul para Pampulha uma vez que a Trip é a empresa dominante do aeroporto?
14 Com crescimento da companhia, vocês têm planos para aeronaves maiores?
15 Quais os resultados esperados com esta integração?

Nenhum comentário:

Postar um comentário