sábado, 1 de setembro de 2012

Com Trip, Azul duplicará voos em Guarulhos 

31/08/2012 - Portal IG

Companhias pediram autorização para operar mais 20 pousos e decolagens no aeroporto e, assim, se consolidarem como a terceira força na cidade de São Paulo
Ana Paula Ribeiro - Brasil Econômico

Divulgação
Azul promete renovar frota de 114 aviões

A Azul Linhas Aéreas está a um passo de pousar em São Paulo. A companhia aérea, que anunciou fusão com a sua rival Trip Linhas Aéreas, pode começar a voar de Guarulhos já este ano. Isso porque a coirmã pediu autorização de mais 20 espaços de pousos e decolagens no aeroporto. Hoje, a empresa opera 23 slots no terminal.

“Esperamos a aprovação da fusão pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) até o final do ano. Mas, os pedidos de novos slots feitos para Guarulhos foram feitos primeiramente à Infraero em razão da limitação de infraestrutura do terminal”, disse o presidente da Trip e futuro diretor de operações da Azul/Trip, José Mário Caprioli.

Além do pedido de novos voos a partir de Guarulhos, as companhias já enviaram à Anac os documentos para a formalização do compartilhamento de voos (code share) de 380 frequências. Segundo o diretor de vendas e marketing da Azul, Gianfranco Beting, entre os dias 20 a 30 de outubro todas as rotas poderão estar implementadas.

“A expectativa é que sejam aprovadas essas frequências compartilhadas para que possamos dar mais um passo no processo de fusão. Até lá vamos arrumando a casa, com os investimentos na nova marca, nova estrutura administrativa”, disse Beting.

Aliás, a nova marca para a nova companhia não é exatamente nova. A Trip será Azul. Segundo Beting, pesquisas encomendadas pelas empresas apontaram que a Azul detém hoje uma marca com maior presença e, portanto, com maior conhecimento no Brasil e no mundo. “Para simbolizar a união entre as duas companhias, uma nova identidade visual foi criada, trazendo elementos da Trip que preservam o legado desta marca no novo logotipo.”

A frota, composta por 114 aviões, será toda reformulada e as novas aeronaves que serão entregues este ano, já começarão a operar com a nova identidade visual da companhia. Caprioli informou que até setembro, a companhia receberá mais um jato Embraer 195 e um turboélice ATR 72.

“O ATR faz parte de um pedido da Trip e já será integrado à frota da nova companhia. Já o Embraer era uma encomenda originalmente da Azul. Vamos aos poucos integrando as operações”, disse Caprioli.

O trabalho de implantação de uma única identidade corporativa para as duas companhias encontra-se em fase de preparação e desenvolvimento de sua normatização para eventual aplicação. Quando da aprovação do acordo pelas autoridades, ele será gradativamente adotado em todas as aplicações da marca.

Quando aprovada a fusão das duas companhias, nascerá uma empresa que detém hoje, 15% de participação no volume de passageiros transportados e que tem 30% dos voos operados no Brasil.

“Em conjunto, operamos em 99 aeroportos, e em algumas cidades somos os únicos. É o caso de terminais no Norte do país, onde a Trip é a única operadora. Vamos continuar com essas rotas e a expectativa é que até o final de setembro comecemos a voar para mais uma cidade”, disse Caprioli acrescentando que Azul e Trip em conjunto operam por dia 840 voos. “É realmente a terceira força no país”, disse Beting.

Nenhum comentário:

Postar um comentário