terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Aeroporto de Juazeiro prevê desapropriação de áreas

11/01/2013 - Diário do Nordeste

Relatório sobre esta nova etapa da ampliação do local foi apresentado ontem, em Juazeiro do Norte

Juazeiro do Norte Mais uma etapa foi vencida para ampliação futura e melhorias de infraestrutura do Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, neste município. Foi apresentado na manhã de ontem, no local, o relatório de conclusão do levantamento de avaliação e perícias de engenharia para a desapropriação de parte da área do entorno.

O processo de desapropriação deverá ser iniciado ainda neste ano,
caso a Prefeitura consiga meios de preparar o espaço para ampliação.
Prefeito Raimundo Macedo esteve presente FOTO: ELIZÂNGELA SANTOS

Para que isso ocorra, o município deverá investir mais de R$ 11 milhões, incluindo a indenização de moradores, para desocupação de alguns espaços. No mês de outubro do ano passado, o presidente da Infraero, Gustavo Vale, esteve em Juazeiro para conhecer o aeroporto e destacou a necessidade de empreender melhorias.

Acordo

Quanto à continuidade dos Módulos Operacionais Provisórios (MOPs), pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), que deveriam estar prontos desde abril do ano passado, a perspectiva, após acordo firmado com a administração da cidade, é inaugurar a obra em 22 de julho deste ano, aniversário de Juazeiro do Norte, ampliando a capacidade anual de usuários de 150 mil para 800 mil pessoas.

O município entrará com a parceria na melhoria da infraestrutura de acesso. Deverão ser investidos nesse projeto cerca de R$ 2,6 milhões, com investimentos da Infraero. No dia 21, acontece nova licitação, depois de oito delas fracassadas e com desistência, para escolha da empresa que irá dar continuidade e concluir os serviços dos MOPs. Depois desse prazo, a perspectiva é iniciar a construção em 60 dias. O prazo para conclusão dos módulos está estipulado, de acordo com o edital, em 90 dias.

Insumos

Um dos maiores problemas, conforme a superintendência regional da Infraero, está relacionado aos insumos a serem adquiridos para os serviços. Para facilitar o andamento dos trabalhos, foi realizada uma avaliação técnica da disponibilidade do material no mercado, o que irá facilitar a conclusão da obra. A paralisação dos serviços, inicialmente, se deu pela falta de material para revestimentos das paredes.

A área atual do aeroporto é de 1.288,740 metros quadrados. Com a incorporação do espaço a ser desapropriado, de 486 mil m², o equipamento ficará com 1.774,740 m². Com essa área a mais, o superintendente da regional Nordeste da Infraero, Fernando Nicácio da Cunha Filho, que fez a apresentação do relatório, afirma que haverá condições de melhorias relacionadas à segurança, área de manobra, pista de táxi, entre outras alternativas, proporcionando melhor infraestrutura aeroportuária.

A reunião para apresentar o relatório com os levantamentos realizados por técnicos da Caixa Econômica Federal (CEF) foi realizada com a presença de funcionários do aeroporto, representantes das empresas aéreas, o prefeito de Juazeiro do Norte, Raimundo Macedo, e secretários da administração. O município se comprometeu com as obras de infraestrutura para o equipamento, como a duplicação de vias de acesso.

O prefeito disse que a sua parte será cumprir no tempo hábil, para que haja as melhorias necessárias, e classificou as condições de adequação de espaços, como estacionamento, de caóticas e que devem ser ampliadas com urgência. Ele se referiu principalmente aos horários de chegada dos voos em que o aeroporto fica completamente lotado, junto com o estacionamento, que está em funcionamento com capacidade reduzida.

O superintendente regional destacou a demanda crescente que o aeroporto regional tem tido nos últimos anos, e ressaltou a necessidade das melhorias, atualizando esses investimentos, de curto e médio prazo. O ano de 2012 fechou com uma demanda de usuários de 447 mil passageiros, surpreendendo a própria administração do equipamento.

Mais voos

No ano de 2011, a demanda de passageiros foi de 334 mil. Ou seja, mais de 100 mil pessoas embarcaram e desembarcaram na cidade com uma diferença de apenas um ano.

O crescimento na quantidade de voos também tem sido crescente, contando atualmente com cerca de 10 voos diários para as principais praças do Brasil, com as empresas Gol, Avianca, Trip e Azul.

"Essas melhorias se tornam urgentes tendo em vista a demanda crescente e o crescimento econômico regional. O aeroporto tem uma grande importância nesse processo de desenvolvimento regional", disse o superintendente regional.

Mais informações:

Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes
Avenida Virgílio Távora, 4000
Bairro Aeroporto, Juazeiro
Telefones: (88) 3311.6503

ELIZÂNGELA SANTOS
REPÓRTER

Nenhum comentário:

Postar um comentário