sábado, 12 de janeiro de 2013

Santa Maria deve ter voo para São Paulo a partir de 18 de fevereiro

09/01/2013 - G1

Rota aérea depende de aprovação da Anac e certificação da aeronave.
Ligação aérea com centro financeiro do país anima empresários da região.

Do G1 RS

Veja vídeo no site do G1
A implantação de uma linha área entre Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul, e São Paulo foi discutida na tarde desta quarta-feira (09) em uma reunião entre a Base Aérea e a empresa que pretende oferecer o serviço. A previsão é de que o primeiro voo ocorra no dia 18 de fevereiro, conforme a reportagem do RBS Notícias (veja o vídeo).

O diretor de planejamento da empresa Brava Linhas Aéreas foi a Santa Maria para explicar os procedimentos necessários para viabilizar a rota. Entre eles estão a troca de aeronave e a renovação do contrato de operação com a Base Aérea de Santa Maria.

Além disso, a empresa precisa encaminhar para a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) os pedidos de autorização para a criação de nova linha e de certificação para a aeronave, de 30 lugares. A atual, usada em Santa Maria, tem capacidade para 19 passageiros. "Estados apostando no início do voo do dia 18, mas isso depende da Anac, afirma o diretor de planejamento da empresa, Jeffrey Kerr.

A previsão é de que o horário do voo e o valor da tarifa sejam definidos em 10 dias. De acordo com a empresa, a aeronave deve sair de Porto Alegre e fazer escalas em Santa Maria e Lages, na serra catarinense, até desembarcar no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. "Há até uma possibilidade desse voo ser esticado para o Santos Dumont, no Rio de Janeiro", revela o executivo.

A ligação aérea entre a cidade e o centro econômico do país anima os empresários. O empresário Valnei Beltrame é proprietário de uma empresa de importação em São Paulo e precisa viajar para a capital paulista uma vez por mês. "Não perderia um dia de viagem como a gente perde normalmente. Vai ser muito bom para Santa Maria e para a região", opina.

Para a Câmara de Comércio, Indústria e Serviços (Cacism), o voo deve impulsionar o crescimento da cidade. "Vai ajudar em muito nosso desenvolvimento, fazendo essa conexão de Santa Maria e um centro extremamente importante no Brasil que é São Paulo. É um reivindicação muito antiga que a gente tem", afirma o presidente Luiz Fernando Pacheco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário