quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Viracopos terá estação ferroviária no terminal de cargas

28/01/2013 - Viracopos Portal de Serviços

A concessionária Aeroportos Brasil Viracopos prevê uma estação ferroviária no terminal de cargas, para que as mercadorias que chegam e saem do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), possam ter mais um modal de transporte.

Atualmente, as cargas chegam por aviação ou por rodovia. Dele partirá um ramal para dar acesso ao transporte de cargas do terminal aeroportuário.

Segundo informou o diretor de engenharia da empresa, Gustavo Müssnich, a concessionária está em negociação com a América Latina Logística (ALL), que opera o transporte ferroviário da malha paulista, para alterar o traçado da ferrovia que corta o aeroporto e que leva cargas da região de Campinas e Jundiaí até o Porto de Santos. O remanejamento dos trilhos será necessário à implantação da segunda pista.

A ferrovia será levada para fora do sítio aeroportuário, mas ainda dentro da área em processo de desapropriação. A ferrovia vai cortar o aeroporto e a intenção é aproveitar o potencial dos dois modais.

Além disso, no aeroporto haverá também uma estação ferroviária para passageiros, já prevista no projeto do trem de alta velocidade (TAV).

O trem, conforme o projeto chegará por um túnel que será instalado a partir do Jardim São Domingos, até o terminal.

A realocação da ferrovia é necessária porque ela corta diagonalmente o terreno onde serão instaladas as pontes de embarque e desembarque.

A ferrovia

Segundo o historiador Henrique Anunziatta, a ferrovia foi construída pelas Ferrovias Paulistas S.A (Fepasa) em 1979, como um trecho de exportação entre Uberaba e Santos e, em 2002, foi concessionado para a ALL.

O Corredor de Exportação atravessa Campinas no sentido Norte-Sul, passando por áreas urbanizadas da região do Campo Grande, entre loteamentos ocupados como o Jardim Florence e Satélite Íris, seccionando também o aterro Complexo Delta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário