sexta-feira, 29 de março de 2013

Aviação doméstica encolhe 4% em fevereiro

26/03/2013 - Folha de São Paulo

Com uma oferta menor de assentos por parte da TAM e da Gol, a demanda do setor aéreo encolheu 4% em fevereiro. Em janeiro, o setor já havia encolhido 0,8%.

"Devemos ter crescimento próximo de zero neste ano", diz o consultor André Castellini, da Bain & Co.

A oferta de assentos vem encolhendo há seis meses, como parte da política da TAM e da Gol de tentar elevar a ocupação dos aviões para garantir mais rentabilidade.

Na contramão das líderes, Avianca e Azul ganharam mercado, com mais oferta de assentos e aumento de demanda.

A Azul cresceu 10,6% em fevereiro e, somada à Trip, já tem 16,8% do mercado. A Avianca cresceu 33% e chegou a 6,9% de participação.

Apesar de reduzir a oferta em 12%, a TAM cresceu 2,5% e encerrou fevereiro com 41,6% de participação. Já a Gol perdeu mercado, ficando com 34% -a oferta caiu 5,8% e demanda, 4,8%.

Ontem à noite, em comunicado ao mercado, a Gol divulgou que espera uma redução na oferta entre 8% e 10% no primeiro semestre.

A companhia estima fechar o ano com queda de 7% na oferta.

Já a oferta de assentos no mercado internacional teve aumento de 14,2% em fereiro em relação ao mesmo mês do ano passado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário