sábado, 23 de março de 2013

Obras de ampliação do Aeroporto de Fortaleza avançam

20/03/2013 - Infraero

Os trabalhos para a reforma e ampliação do terminal de passageiros do Aeroporto Internacional de Fortaleza/Pinto Martins (CE) avançam em ritmo acelerado. Até o final de fevereiro, a obra já tinha 16,75% de execução total. Nas intervenções, que contemplam também a expansão do pátio de aeronaves, construção de pátio remoto, novo acesso viário, centro de manutenção e subestação energia de 69kv, estão sendo investidos R$ 347,7 milhões.

Os serviços contam com 760 profissionais, operando em dois turnos e em diversas frentes. Uma delas é a construção do pátio remoto de aeronaves, que será a primeira intervenção do empreendimento a ser entregue, a tempo para a Copa das Confederações. Já os serviços do terminal de passageiros foram divididos em duas fases. A primeira, atualmente em curso, tem prazo de conclusão previsto para dezembro de 2013 e ampliará a capacidade operacional do aeroporto para 8,6 milhões de passageiros por ano, com uma área total de 90,3 mil m² em comparação com os 38,5 mil m² atuais. O pátio de aeronaves também será ampliado de 52,9 mil para 57,7 mil m².

A segunda etapa dos trabalhos no Pinto Martins, por sua vez, tem conclusão prevista para 2017. Após a finalização de todos os serviços, o terminal terá uma área de 133,8 mil m², com capacidade operacional de 11,2 milhões de passageiros/ano. Em equipamentos, o aeroporto, ao longo das duas etapas, receberá 40 novos balcões de check-in, seis novas escadas rolantes, 12 elevadores, cinco esteiras de restituição de bagagens, 17 pórticos de raios-x e nove pontes de embarque.

"A Infraero está acompanhando atentamente o desenvolvimento da obra para manter o bom ritmo dos trabalhos, que cresce continuamente", pontuou Wellington Santos, superintendente de Fortaleza.



Outros investimentos

Nos últimos anos, a Infraero cumpriu diversos investimentos para aprimorar a infraestrutura do Pinto Martins. Em 2010, por exemplo, foram entregues a nova torre de controle, um investimento de R$ 24 milhões, e o terminal de cargas (Teca) internacional, no qual foram investidos R$ 39 milhões. Em 2012, foram concluídas as obras de recapeamento asfáltico da pista de pousos e decolagens do aeroporto, um investimento de R$ 8,6 milhões que aperfeiçoou a segurança das operações de pouso e decolagem no terminal. Todas essas melhorias visam ao conforto e segurança dos usuários do aeroporto cearense.


Assessoria de Imprensa - Infraero
imprensa@infraero.gov.br
www.twitter.com/canalinfraero

Nenhum comentário:

Postar um comentário