quarta-feira, 10 de abril de 2013

Pará deve ganhar mais 11 aeroportos até outubro de 2014

10/04/2013 - O Liberal - PA

Setran informa que já abriu licitação para os projetos executivos

Até o mês de outubro de 2014 o governo do Estado do Pará pretende construir 11 novos aeroportos de pequeno porte nos municípios do interior. A Secretaria de Estado de Transportes (Setran) está com as licitações abertas para a elaboração dos projetos executivos dos aeródromos e a expectativa é de que, até o início do segundo semestre, todos os projetos estejam prontos, para que em setembro as obras se iniciem. Os novos aeroportos serão implantados em Cumaru do Norte, Floresta do Araguaia, São Geraldo do Araguaia, Curuá, Bom Jesus do Tocantins, Oeiras do Pará, Senador José Porfírio, Bagre, Muaná, São Sebastião da Boa Vista e Anajás. A secretaria também reformará mais 13 aeródromos no interior. No total, os investimentos chegarão até 60 milhões de reais.

Segundo o titular da Setran, Eduardo Carneiro da Silva, os aeroportos integrarão os municípios ao Estado. 'É muito importante a construção e o melhoramento dos aeródromos, porque são municípios isolados, principalmente no Marajó, que não possuem rodovias e dependem basicamente do transporte hidroviário, que é lento. Foi feito um estudo para decidir onde seriam construídos esses aeroportos, que durou cerca de um ano', relatou. Para o secretário, a nova possibilidade de transporte poderá ajudar também no tratamento de pacientes com risco de vida. 'Por exemplo, em Anajás, que tem um índice altíssimo de malária. Tendo aeródromo é possível transportar esse paciente mais rapidamente', explicou.

Em outros municípios serão feitas reformas nos aeródromos existentes, como em Santa Maria das Barreiras, Tomé-Açu, Cametá, Anapu, Medicilândia, Pacajá, Afuá, Cachoeira do Arari, Chaves, Curralinho, Ponta de Pedras, Portel e Santa Cruz do Arari. 'Há nesses municípios aeroportos tão precários que não se pousa ou se decola mais. Essas pistas têm aproximadamente mil metros', informou Carneiro. 'Serão obras rápidas, com a reforma das pistas e construção de estações de passageiros, apenas para acomodar as pessoas', disse. Atualmente, o Pará possui 65 aeródromos públicos, incluindo o aeroporto Internacional de Val-de-Cans, em Belém.

Fonte: O Liberal

Nenhum comentário:

Postar um comentário