quinta-feira, 23 de maio de 2013

Companhias aéreas passam a operar três novas rotas partindo de São Paulo

23/05/2013 - Folha de São Paulo

GUSTAVO SIMON

O Brasil vai ganhar, nas próximas semanas, rotas para três continentes, com o início das operações das companhias Ethiopian Airlines, Cubana de Aviación e Etihad Airways.

Esta última empresa, dos Emirados Árabes Unidos, inaugura a rota São Paulo-Abu Dhabi no dia 1º do mês que vem.

Serão três viagens semanais, a bordo de um Airbus A340-600, com previsão de tornar a rota diária em julho.

O trajeto, de 15 horas, é semelhante ao realizado pela Emirates, que voa diariamente entre São Paulo e Dubai.

Um mês depois, no dia 2 de julho, a Ethiopian faz o primeiro voo entre Guarulhos e Adis Abeba, capital da Etiópia, na África.

No trecho de ida, haverá escala em Lomé (Togo). Na volta, o voo é um pouco mais longo: o avião para em Lomé e no Rio de Janeiro antes de chegar a São Paulo.

A operação prevê três voos semanais (às terças, quintas e domingos), feitos a bordo de um Boeing 767-300, mas a empresa já estuda ser uma das primeiras a trazer os Boeings 787 Dreamliner ao Brasil.

De acordo com Marcos Teodoro, coordenador de marketing da Aviareps Brasil, que representa a companhia aérea no Brasil, voos diários partindo de São Paulo devem ser feitos dentro de alguns meses.

"Nossa meta é ter, em um futuro próximo, voos diretos entre São Paulo e Addis Abeba e entre o Rio e Addis Abeba", afirma Teodoro.

De volta
Julho vai marcar também a retomada dos voos entre São Paulo e Havana -operados pela própria Cubana de Aviación entre 1993 e 2005.

"Não se justifica uma cidade como São Paulo não ter ligação aérea direta com Cuba, especialmente porque os dois países têm parcerias em muitos setores", diz Pedro Úrsula, representante da companhia caribenha no Brasil.

Os voos da Cubana, de oito horas de duração, serão semanais. Sairão de Guarulhos na madrugada de quinta e voltarão na quarta-feira.

A primeira viagem está marcada para 10 de julho. A aeronave usada é de modelo russo. O Ilyushin IL96-300, com capacida-de para 260 passageiros, está na frota da empresa há seis anos

Nenhum comentário:

Postar um comentário