segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Aeroportos da região de Ribeirão Preto viram 'canteiros de obras'

14/09/2013 - Folha de São Paulo

VENCESLAU BORLINA FILHO
DE RIBEIRÃO PRETO

A expectativa de crescimento da demanda e o anúncio das operações da Azul Linhas Aéreas pressionaram o governo do Estado de São Paulo a agilizar obras para readequação dos aeroportos de Ribeirão Preto (313 km de São Paulo), Araraquara, Franca e São Carlos.

Um conjunto de licitações abertas entre 2012 e este ano prevê investimentos de ao menos R$ 16,8 milhões na ampliação de terminais de passageiros, construção de estacionamentos, concessões de lanchonetes e implantação de internet sem fio.

O maior recurso, de R$ 7,4 milhões, é aplicado na construção do novo terminal de passageiros do aeroporto de Araraquara. A entrega do espaço está prevista para o próximo mês. A expectativa é de que a Azul inicie os voos no dia 11 de novembro.

O governo também vai contratar uma empresa para recuperação do radiofarol não direcional --um equipamento de auxílio à navegação das aeronaves. O valor previsto para a obra é de R$ 510 mil. Até o final do ano o serviço deve ser executado.

Ainda no aeródromo estão previstas as implantações de bar e lanchonete, duas lojas de locação de veículos e implantação de rede de internet sem fio. A entrada da Azul marca a retomada dos voos comerciais na cidade, encerrados em 2007.

"Os investimentos acontecem sempre quando há solicitação de empresas e de municípios. É assim que a gente trata os aeroportos no Estado", disse o superintendente do Daesp (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo), Ricardo Volpi.

editoria de arte/folhapress 


Segundo ele, o objetivo do governo não é obter recursos com a exploração dos aeroportos. "Nós sempre agimos quando há demanda, inclusive, quando as prefeituras solicitam a municipalização dos aeroportos, como em Barretos", disse.

OUTRAS CIDADES

No aeroporto de Ribeirão, um novo estacionamento com 400 vagas deve começar a operar no próximo mês. O estacionamento atual, também para 400 veículos, terá nova concessão.

O terminal ganhará internet sem fio até o final do ano. O investimento previsto no local é de R$ 3,1 milhões. O aeroporto de Ribeirão é o maior do Estado em administração pelo Daesp, seguido pelos de São José do Rio Preto e Presidente Prudente.

Em Franca, a Azul também já demonstrou interesse em iniciar as operações. A expectativa para que isso aconteça é para o próximo ano. No aeroporto, estão sendo aplicados R$ 5,5 milhões entre obras para usuários e operação das aeronaves.

O novo terminal de passageiros custou R$ 2,8 milhões e deve ser entregue também no próximo mês. As obras para manobra e ampliação do pátio das aeronaves somaram R$ 2,6 milhões. Em São Carlos, a licitação é para uma área para exploração aeroviária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário