quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Bahia terá 11 voos da Air Europa antes da Copa 2014

11/09/2013 - Panrotas

Aviação , Cena da reunião dos representantes da Setur-Ba e executivos da Air Europa (foto divulgação)


Cena da reunião dos representantes da Setur-Ba e
executivos da Air Europa (foto divulgação)

Representantes da Secretaria de Turismo da Bahia estiveram reunidos hoje, em Salvador, com executivos da companhia aérea Air Europa, do Grupo Globália. É que o Estado passará a contar com 11 novos voos internacionais – que ligaram a Bahia a Madri, Santiago, Montevidéu e Córdoba (Argentina) – totalizando 14 voos da empresa no mercado baiao. Com essa adição, Bahia terá, até o fim deste ano, 34 voos internacionais semanais, o que representa um acréscimo de 18 novas rotas – com as já anunciadas, na semana passada, da Aerolíneas Argentinas.

"Não tenho dúvida de que é uma grande notícia, pois pela primeira vez uma capital do Nordeste se transforma num hub para a América Latina. São 11 novos voos da Air Europa e isso vai dinamizar muito a economia do turismo. Representa um incremento de 14% nos nossos desembarques internacionais. Eu não tenho a menor dúvida de que é bom para a Bahia, é boa para o Brasil essa interconexão sulamericana e com a Península Ibérica com a Air Europa e eu agradeço a aposta do Grupo Globália e da própria companhia aérea no destino Bahia", destacou o governador, Jaques Wagner. Todos as rotas deverão estar em operação até abril de 2014. Os voos serão realizados por Airbus 330-200, com capacidade para levar 24 passageiros na classe executiva e 275 passageiros na classe econômica.

De acordo com informações da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), Espanha, Argentina, Uruguai e Chile são responsáveis por cerca de 210 mil dos 558 mil estrangeiros que a Bahia anualmente. "É uma oportunidade também de incrementar o turismo de negócios. Com esses voos, Salvador será transformada em um polo receptivo da Europa e do Cone Sul, possibilitando a realização do sonho da integração ibero-americana, uma luta que travamos desde 2007. Isso representa mais de 120 mil desembarques de estrangeiros a mais por ano, considerando uma ocupação de pelo menos 50%", conclui o secretário de Turismo do Estado, Domingos Leonelli.

Savia Reis

Nenhum comentário:

Postar um comentário