quarta-feira, 30 de julho de 2014

Aeromóvel, o monotrilho brasileiro

29/07/2014 - G1 Rio

Em reunião da diretoria da ACMinas foi apresentado o Aeromóvel - monotrilho brasileiro, pelo diretor do Grupo Coester, com sede no Rio Grande do Sul, Marcus Coester.


O Aeromóvel é um meio de transporte 100% automatizado (sem condutores a bordo), movido através de propulsão a ar, sendo uma tecnologia de concepção nacional, inédita e exclusiva, patenteada e reconhecida em diversos países do mundo.

Seu movimento é produzido a partir do impulso gerado pela compressão do ar atmosférico, devido à ação de ventiladores industriais de alta eficiência energética e baixa potência que, do solo, enviem o ar pelo interior da via elevada.  O sistema já está em funcionamento em Porto Alegre desde agosto de 2013. Essa apresentação faz parte do ciclo de debates sobre alternativas para a mobilidade urbana em BH.

Novos projetos de mobilidade para BH

No mês de junho, o governo de Minas Gerais anunciou o lançamento de um Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI), cujo principal objetivo é receber projetos que contemplem o Transporte Metropolitano sobre Trilhos que fará a ligação entre Belo Horizonte e o Aeroporto de Confins.

O PMI é uma consulta geral, em que podem participar empresas, universidades e pessoas físicas para, nesse caso, sugerir alternativas para melhoria da mobilidade urbana. O Governo consulta a sociedade para definir a melhor alternativa, aquela que conjugar o melhor custo-benefício para a própria sociedade.

Os pré-projetos têm até 45 dias para serem apresentados, depois disso, os selecionados têm outros 75 dias para serem concluídos. O trajeto deve, inicialmente, englobar o Aeroporto de Confins a atual rodoviária de Belo Horizonte e precisa ser integrado ao metrô e ao BRT. Mas o PMI poderá apontar por um local diferente, desde que contemple o hipercentro e o aeroporto.

O início do processo já recebe elogios de importantes setores da sociedade, como a Associação Comercial e Empresarial de Minas (ACMinas), que acredita que o projeto poderá beneficiar ainda mais a economia mineira. "É um momento propício para se iniciar essa PMI. Queremos, acima de tudo, dar apoio total a esse projeto do Governo de Minas e dar parabéns ao governador pela demonstração do grande estadista que é e de ter essa visão de futuro da nossa cidade", afirmou o presidente da ACMinas, Roberto Fagundes.

Fonte: Jornal Belvedere 

Nenhum comentário:

Postar um comentário