sábado, 27 de dezembro de 2014

Americana confirma sete pedidos de aviões Embraer

26/11/2014 - O Estado de S.Paulo

Com valor de tabela de US$ 301 milhões, contrato entrará na lista de pedidos da companhia ainda no quarto trimestre

BETH MOREIRA e REUTERS

A fabricante de aeronaves brasileira Embraer informou ontem que o grupo aéreo americano SkyWest confirmou um pedido firme de sete jatos E175. O valor do pedido, que será incluído na carteira de pedidos da Embraer do quarto trimestre de 2014, é estimado em US$ 301 milhões, consideradosospreçosdetabelade2014. As entregas estão programadas para começar no segundo semestre de 2015.

Segundo a companhia brasileira, os aviões fazem parte do pedido original da SkyWest, de maio de 2013, envolvendo 100 jatos E175 (sendo 40 firmes e 60 que ainda dependiam de confirmação) e 100 opções adicionais. Com isso, o número de pedidos firmes da empresa para a fabricante subiu para 47. As sete aeronaves adicionais serão usadas pela Alaska Airlines. Os jatos serão configurados com 76 assentos, sendo 12 destinados à primeira classe.

A SkyWest é o maior grupo aéreo regional do mundo e também controla as marcas SkyWest Airlines e Express Jet Airlines. A primeira opera uma frota de 15 E175 e 39 aeronaves EMB 120Brasilia. Já a Express Jet Airlines opera 226 aeronaves da família ERJ 145 e é a maior operadora deste modelo no mundo.

Segundo pedido. Em um acordo separado com a Embraer, anunciado em junho de 2013, a SkyWest tornou-se a primeira cliente do E175-E2, com um pedido firme para 100 aeronaves e 100 opções adicionais, com entregas previstas a partir de 2020. Como líder no segmento de 70 a 130 lugares, a Embraer continua a investir na família de E-Jets, que hoje está em operação em cerca de 65 companhias aéreas de 45 países.

Nenhum comentário:

Postar um comentário