terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Latam lança voo direto SP - Cancun e Bogotá - Cancun

16/12/2014 - Panrotas

Rodrigo Vieira

CANCUN (MÉXICO) - A Tam voará direto de São Paulo para Cancun todo o sábado a partir do próximo dia 20, com intenção de triplicar essa frequência após julho. A Lan iniciou ontem seu voo direto entre Bogotá, na Colômbia, e o famoso destino de sol e mar mexicano. Para comemorar os lançamentos, o Grupo Latam, ao lado do órgão de promoção do turismo do México, CPTM, reuniram no Hotel Secrets The Vine, em Cancun, parceiros locais, além de brasileiros e colombianos.

O Brasil é o quarto país estrangeiro com maior emissão de passageiros para Cancun, de acordo com John Paz, gerente de Canais e Segmento Turismo da Tam. Foram 130 mil brasileiros no destino mexicano esse ano, o que representa 8% de crescimento em comparação com o ano passado. "O voo direto é reflexo desse grande volume, e a expectativa de aumentarmos para três voos semanais no segundo semestre também diz muito sobre a importância de Cancun para o Grupo Latam", avaliou, acrescentando que a rota será operada por um A330.

Essa é a primeira vez que o Governo do México faz parceria com uma aérea estrangeira em termos de investimento na divulgação do turismo, segundo Diana Pomar, diretora do CPTM. "A cada dólar investido pelo Grupo Latam no turismo mexicano, outro dólar será aplicado pelo CPTM em prol da mesma causa", ilustrou.

IMPACTO TÍMIDO

O México recebeu 300 mil turistas brasileiros este ano, 14% de crescimento em comparação com 2013. Por mais que esteja animada com o voo inédito entre São Paulo e Cancun, Diana Pomar não vê tanto impacto no aumento de brasileiros em seu país para o ano que vem. "Dos mais de 10% no aumento de brasileiros no México previstos para ano que vem, cerca de 3% serão reflexo direto desse voo, pois sua frequência ainda é pequena", avalia, esperançosa de que haverá um aumento no número de passageiros proporcional ao crescimento de frequências. O México espera receber 335 mil turistas do Brasil em 2015. 

Marjorie Camporini, gerente de Marketing do Submarino Viagens, acredita que a nova rota direta é importante, mas a baixa frequência ainda serve como termômetro de mercado. "Em princípio o novo voo deve favorecer aquele cliente mais exigente, mais acostumado a viajar, que não gosta de fazer paradas e está disposto a pagar mais pelo conforto", explica. "Por enquanto é muito pouco para saber o quanto vai impactar, mas caso aumente para três vezes por semana no segundo semestre poderemos sentir com mais nitidez." 

O Portal PANROTAS viaja a convite da Tam e da CPTM

Nenhum comentário:

Postar um comentário