sábado, 27 de dezembro de 2014

TAM desiste de celular e transmite serviço em wifi

02/12/2014 - Folha de São Paulo

Passageiro poderá acessar programação da empresa via tablet ou smartphones

MARIANA BARBOSA

DE SÃO PAULO

A TAM abandonou o serviço de telefonia móvel nos aviões, o OnAir, lançado em 2010 e que permitia falar ao celular, mandar SMS e acessar a internet em pleno voo.

A baixa atratividade devido ao custo de roaming (equivalente a usar o celular fora do país) fez a empresa optar por um serviço de bordo sem fio fechado, para ser acessado a partir de um aplicativo previamente baixado no tablet, no celular ou no laptop do passageiro.

O serviço, com filmes, seriados de TV, música e mapa do voo, começa a funcionar no dia 15 e terá atualizações mensais. Numa segunda etapa, haverá um portal de notícias com atualização diária.

CONCORRÊNCIA

A Gol já teve um serviço similar, lançado em 2011. O equipamento chegou a ser instalado em 40 aviões, mas o projeto foi abandonado.

Jerome Cadier, vice-presidente de marketing da Latam, diz que, ao longo dos próximos 18 meses, o serviço estará disponível em 270 aviões das bandeiras TAM e LAN, em rotas domésticas e em voos na América Latina.

Nos voos internacionais de longo curso, o grupo Latam seguirá com o sistema de monitores individuais. Aqui, a novidade é uma parceria com o YouTube, com uma seleção de vídeos populares, como do Porta dos Fundos, que terá atualização mensal.

Segundo Cardier, a empresa tem planos de oferecer internet paga tanto em voos domésticos como internacionais, mas isso não deve acontecer antes de 2017, quando está prevista uma evolução tecnológica em termos de cobertura de satélite para a região da América Latina.

“A internet é um passo natural, mas o serviço ainda é muito instável”, diz.

Ele explica que, quando a tecnologia avançar, bastará instalar uma antena externa nos aviões para captar o sinal de satélite. O equipamento para distribuir o sinal dentro da cabine é o mesmo do entretenimento de bordo.

O novo sistema de entretenimento de bordo faz parte de investimento de US$ 100 milhões da Latam em tecnologias digitais. O investimento inclui tablets para pilotos e equipe de manutenção que substituem os manuais de voo impressos. E também um aplicativo para facilitar a realização do check-in eletrônico e que é aposta da empresa para melhorar a comunicação com o passageiro em caso de imprevistos com o voo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário