quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Aéreas se preparam para ‘céus abertos’

11/02/2015 - Valor Econômico

Por Daniel Rittner

Na reta final de preparação para a entrada em vigência da política de "céus abertos" com os Estados Unidos, autoridades brasileiras celebram os resultados da liberalização de voos entre os dois países. A Azul acaba de solicitar à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorização para mais dez voos semanais, que deve usar para o reforço nas rotas entre Viracopos (SP) e a Flórida, e já acenou ao governo que pretende iniciar operações para Nova York ainda neste ano.

Sem entrar em detalhes, a Avianca também pediu sinal verde da agência para estabelecer 14 frequências por semana aos EUA, apurou o Valor. Trata-se de um mercado em franca expansão e cada vez mais disputado: o número de passageiros transportados em voos que ligam cidades brasileiras e americanas, segundo um balanço da Anac, cresceu 89,2% entre 2008 e 2013 (o último dado disponível). No mesmo período, a quantidade de voos semanais aumentou de i66 para 260. Hoje, já são 300 frequências.

Um ponto de preocupação gira em torno da vigência, a partir de outubro, da quinta e última fase do acordo entre os dois países para acabar definitivamente com as restrições à quantidade de voos, O acordo, assinado em 2011, está na Casa Civil e até hoje não foi remetido pela Presidência ao Congresso. Todos os tratados internacionais precisam passar pelo crivo do Legislativo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário