quinta-feira, 5 de março de 2015

13 aeroportos de MT serão ampliados e modernizados

04/05/2015 - Gazeta Digital – MT

Flor Costa, especial para o GD


O ministro de ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Eliseu Padilha, declarou durante seminário em Brasília, que as obras de ampliação e modernização dos aeroportos previstos no Plano de Aviação Regional, podem começar ainda no segundo semestre deste ano. Em Mato Grosso, 13 municípios serão contemplados pelo programa.

titlea Floresta, Matupá, Lucas do Rio Verde, Rondonópolis, Cáceres, Barra do Garças, Pontes e Lacerda, Tangará da Serra, São Félix do Araguaia, Vila Rica, Juara, Juína e Sinop, são as cidades que terão seus aeroportos modernizados pelo Plano.

O Plano de Aviação Regional foi lançado pelo governo federal em 2012 com o objetivo de aperfeiçoar a qualidade dos serviços prestados ao passageiro, agregar novos aeroportos à rede de transporte aéreo regular e aumentar o número de rotas operadas pelas empresa aéreas. "A meta é que 96% da população brasileira esteja próxima a um aeroporto apto a receber vôos regulares", afirmou o ministro.

Segundo Padilha a demora para o inicio dessas obras são entraves nos licenciamentos ambientais. "Estamos construindo um caminho a fim de encurtar esse tempo de licenciamento ambiental para que possamos, no segundo semestre deste ano, ter as primeiras licitações. Se não saírem antes, no primeiro semestre".

A declaração foi realizada durante a abertura do seminário "A Experiência Francesa em Transporte Aéreo Regional e Capacitação em Aviação Civil", realizado em Brasília, nesta terça-feira (3).

Plano de Aviação Regional- O Plano lançado em 2012 pelo Governo Federal prevê o reaparelhamento, reforma e a expansão da infraestrutura aeroportuária, tanto em instalações físicas quanto em equipamentos para 270 aeroportos distribuídos pelo território nacional. Para isso o governo deve gastar um valor de R$ 1,7 bilhão.

Só na Região Centro-Oeste serão investidos R$ 924 milhões, nos 31 aeroportos contemplados pelo programa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário