quinta-feira, 19 de março de 2015

Aeroporto de Itaituba volta a funcionar

17/03/2015 - O Liberal – PA

Após interdição, voos comerciais regulares percorrem Santarém, titleamira e Belém

EVANDRO CORRÊA

Sucursal Oeste do Pará

Depois de mais de três meses de interdição, o aeroporto de Itaituba voltou a operar com pousos e decolagens esta semana. O aeroporto ficou sem operação para voos comerciais por decisão da Agencia Nacional de Aviação Civil (Anac), uma vez que não possuía equipamentos de segurança. A prefeita de Itaituba, Eliene Nunes, anunciou que quase todas as exigências da Anac para liberação de pousos e decolagens no aeroporto.

Em dezembro do ano passado, a Anac interditou a pista do aeroporto, para pousos e decolagens, por ftitlea de segurança, uma vez que não havia sequer veículo para combate a incêndio. A prefeita Eliene Nunes disse que, para a aquisição dos equipamentos, a prefeitura de Itaituba arcou com metade dos custos, enquanto a outra parte foi doada pelas empresas aéreas.

O Aeroporto de Itaituba serve ao município e à região. É o aeroporto mais importante da região oeste do do Pará, classificado como de alcance regional. O aeroporto conta com voos comerciais regulares que ligam Itaituba diariamente às cidades de Santarém, titleamira, Belém e Manaus. Além disso, empresas de táxi aéreo oferecem voos para distritos e vilarejos mais afastados do centro urbano da cidade, bem como para os inúmeros garimpos de ouro da região e municípios vizinhos.

A operação de pousos e decolagens no aeródromo é feita pelo Grupamento de Navegação Aérea de Itaituba. O aeródromo conta com sinalização que permite operações noturnas (IFR), e possui uma pista auxiliar para o taxiamento de aeronaves. Em 2005, foram realizados serviços de retirada de pontos críticos e drenagem na pista de pouso, que foi ampliada de 1.500 metros para 1.700 metros e ganhou balizamento noturno.

O terminal recebeu ainda equipamentos de precisão de voo, que fornecem ao piloto a informação da posição exata da pista. Com a obra, o aeroporto muda de categoria, passando de médio para grande porte, podendo assim receber aeronaves maiores, com total segurança. O terminal de passageiros também foi ampliado, para se adequar ao maior movimento no aeroporto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário