quarta-feira, 4 de março de 2015

TAM pede autorização à Anac para operar voos no aeroporto de S. José,

03/03/2015 - G1

Empresa aérea anunciou novos destinos domésticos nesta terça (3).

Aérea Azul encerrou operação na cidade por ftitlea de movimento.

Nicole Melhado

Do G1 Vale do Paraíba e Região


Aeroporto de São José dos Campos pode voltar receber voos comerciais.


Dois meses após ter a operação da aérea Azul encerrada, o aeroporto de São José dos Campos pode voltar a receber voos comerciais. A TAM anunciou nesta terça-feira (3) que pediu autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para incluir a cidade como uma das rotas para operar voos domésticos a partir deste ano.

A intenção da companhia é desenvolver mercados regionais. Por isso, além de São José, planeja operar também em Bauru (SP) e Juazeiro do Norte (CE).

Se autorizada pela Anac, a TAM deve comercializar passagens para voos entre São José dos Campos e Brasília. O pedido foi feito no último dia 26 solicitando o início das operações em abril. A companhia informou que aguarda a avaliação das autoridades para prosseguir com a definição dos voos e anunciar as datas de início das operações.

A Anac foi procurada pelo G1 e informou que o pedido está em análise, sem prazo para ser concluído.

Terminal ocioso

Em dezembro, a Azul desistiu de operar em São José alegando que que o baixo movimento de passageiros tornava a manutenção da Azul economicamente inviável. Deste então, o terminal está ocioso.

Na última semana, o prefeito de São José, Carlinhos Almeida (PT), esteve em Brasília para discutir a situação do aeroporto com o ministro da Secretaria da Aviação Civil, Eliseu Padilha. Na ocasião, ele pediu apoio para tentar atrair companhias aéreas para o terminal, que atualmente só recebe voos particulares. Além disso, a prefeitura informou que, juntamente com a Infraero, tem se reunido com outras empresas interessadas em atuar aeroporto.

No ano passado, o aeroporto da cidade foi modernizado e ampliado, com investimentos de R$ 16,6 milhões. Mesmo assim, perdeu a única companhia que operava no local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário