quarta-feira, 29 de abril de 2015

Investimentos garantem vôos mais baratos para SP no Aeroporto de Dourados

28/04/2015 - A Crítica de Campo Grande – MS


Fonte: Prefeitura de Dourados

Foto: A. Frota


A Azul tem vôos diários com partidas de Dourados às 3h20, 14h03 e 18h35 para Campinas e mais 100 destinos no Brasil

Reestruturado, o aeroporto Francisco de Matos Pereira, de Dourados, ampliou o numero de vôos e hoje oferece condições para que uma região de 1 milhão de habitantes possam acessar o Brasil de norte a sul. São pelo menos 100 destinos nacionais.

Muitas pessoas ainda não sabem que com planejamento custa mais barato voar de Dourados do que por Campo Grande. Nesta segunda-feira, 20, o trecho entre Dourados e São Paulo pela Passaredo custava a partir de R$ 119,00 + taxas. Já pela Azul era possível comprar o trecho neste dia a partir de R$ 129,90 + taxas.

A Passaredo voa para Guarulhos e a Azul para Campinas. De Campinas para o centro de São Paulo a Azul disponibiliza ônibus. Os vôos são feitos em aeronaves ATR 72 500 e 600, de última geração. Os turboélices (turbinas com hélices expostas) utilizados pelas companhias Azul e Passaredo são aeronaves novas e muito seguras.

Mas, para conseguir melhores preços nas passagens é preciso planejamento, ou seja, comprar com pelo menos 30 dias de antecedência. Esse sistema é ideal para viagens a passeio, férias, participação em congressos, feiras e outros eventos. Já no caso das viagens executivas raramente é possível comprar com grande antecedência. Mesmo assim, comprando com uma semana de antecedência, os preços não são altos.

A Azul tem vôos diários com partidas de Dourados às 3h20, 14h03 e 18h35 para Campinas e mais 100 destinos no Brasil e alguns internacionais. Já a Passaredo tem uma partida diária para Guarulhos às 11h55 e aguarda autorização da Anac (Agência de Aviação Civil) para uma segunda, às 18h10, com previsão de início em junho. A Passaredo oferece vôos para 13 destinos.

O prefeito Murilo aguarda a licitação das obras do novo terminal de passageiros, a ampliação da pista e a implantação da nova estrutura de segurança área, que permitirão a operação de aeronaves de até 180 passageiros. Com isso, novas companhias áreas que já tem estudo de viabilidade para Dourados passarão a operar na cidade.

Dourados está inserido prioritariamente no PIL Aeroportos (Programa de Investimento em Logística: Aeroportos) do Governo Federal. Falta apenas a finalização da licença ambiental pela empresa responsável para que o Banco do Brasil licite as obras.

Desde que era vice-governador do Estado Murilo intervém e faz gestões para melhorias no aeroporto de Dourados. Agora, com a ampliação, que vai custar em torno de R$ 40 milhões, o aeroporto ficará pronto para atender toda a região, inclusive na área de cargas.

"Nós sabemos da importância desse aeroporto para o desenvolvimento de uma região de 1 milhão de habitantes. Por isso temos trabalhado tanto para ampliá-lo e melhorá-lo sempre. Hoje a população da região não precisa mais ir a Campo Grande para voar. E estamos trabalhando para cada vez mais nosso aeroporto oferecer mais serviços", afirma Murilo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário