segunda-feira, 11 de abril de 2016

Companhias aéreas apostam em entretenimento durante a viagem


De TV a wi-fi, a diversão está garantida durante o voo. Outro avanço é a liberação de equipamentos eletroeletrônicos no modo avião

10/04/2016 - JC Online

Azul oferece TV ao vivo durante os voos graças a parceria com a SKY / Foto: Azul/Divulgação
Azul oferece TV ao vivo durante os voos graças a parceria com a SKY / Foto: Azul/Divulgação

Da Editoria de Economia

Passar horas em um avião já não é mais tão cansativo como antes. As companhias aéreas estão investindo em tecnologias para proporcionar aos passageiros entretenimento durante a viagem. Entre as opções estão TV a cabo, wi-fi e aplicativos próprios que permitem acesso a livros e filmes, por exemplo.

Para as empresas de aviação brasileira, a aposta está em plataformas personalizadas, como por exemplo a TAM Entertainment. O passageiro baixa o sistema em lojas virtuais antes de embarcar e depois tem acesso a 50 filmes e 42 episódios de séries, além do mapa do voo. Já a companhia portuguesa TAP possui quiosque digital com jornais e revistas. O número total de publicações a que cada pessoa tem acesso varia de acordo com a classe e a tarifa.

A Azul Linhas Aéreas oferece TV ao vivo em parceria com a Sky na maioria dos jatos Embraer 190 e 195. São 48 canais ao vivo e até nove canais com programação gravada gratuitos para todos os usuários. O serviço foi importado dos Estados Unidos, devido a parceria entre a JetBlue (que é como a Azul nos EUA) e a DirecTV (dona da Sky).

Para os usuários, principalmente aqueles que utilizam o meio de transporte com regularidade, as tecnologias são bem-vindas. É o que diz o servidor público federal Abelardo Lopes, 52 anos. “Viajo uma média de 10 vezes por ano pelo País. Quanto mais diversão for implantada, melhor, porque o voo passa mais rápido”, relata.

Mesmo com tantas opções disponíveis, o serviço mais desejado é o wi-fi a bordo. A Gol será a primeira empresa brasileira, da América do Sul e Central a oferecer o acesso a internet por wireless, com conexão via satélite. A primeira aeronave com esta tecnologia está prevista para entrar em operação ainda este ano. A previsão é de que em menos de três anos, toda a frota da Gol tenha o sistema disponível. A TAP já oferece nas rotas entre a Europa e a América do Norte e do Sul, com custo que varia de acordo com a velocidade utilizada, que vai de 4MB (€5) e 40MB (€30). A TAM e a Azul estudam a viabilidade de implantação.

O bancário Breno Gomes, 22, já usou wi-fi a bordo e afirma que a experiência é diferenciada. “Em voos internacionais, ajuda a ficar menos tenso, já que são mais longos. Uma vez, usei wi-fi em uma viagem de Chicago para Miami, nos Estados Unidos, e consegui conversar com minha família. Já nos trechos nacionais, utilizo TV a cabo ou aplicativos próprios das companhias que disponibilizam jogos”, relata.

Outro avanço é a liberação de celulares, tablets e notebooks no modo avião durante o voo. A função desliga qualquer transmissão ou recepção de sinal pelos aparelhos, o que poderia causar algum tipo de interferência com os sistemas da aeronave. Dessa forma, os usuários podem usar o pacote de dados de internet ou escutar música durante as viagens. Atualmente, as empresas brasileiras Avianca, TAM e Gol autorizam o uso de aparelhos eletroeletrônicos e todas as fases da viagem. Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), só após a realização de testes que comprovaram a segurança das aeronaves, foi concedida a permissão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário