terça-feira, 5 de abril de 2016

Embraer lança avião mais econômico e com capacidade para até 106 passageiros

01/03/2016 - R7

Família E2 traz novidades para os modelos da indústria aeronáutica nacional


Novo E190-E2, da Embraer, é lançado em São José dos Campos (SP)

Mais longe e mais potente. Essas duas expressões podem resumir o novo modelo de aeronave E190-E2, lançado pela Embraer. Durante evento na sede da empresa, em São José dos Campos (SP), o roll-out (apresentação) do avião atraiu um grupo de investidores, compradores estrangeiros, imprensa e os próprios funcionários da empresa.

A família E2 traz diversas inovações para o mercado aeronáutico. Uma das principais é o sistema de voo full fly-by-wire, que permite a pilotagem completamente computadorizada. O motor do E190-E2 também foi atualizado, com tamanho maior que o anterior, obrigando a aeronave a fazer mudanças em suas dimensões.

As asas também foram alteradas a fim de ter um desempenho aerodinâmico melhor. Essas alterações resultarão em melhoras significativas no consumo de combustível, custos de manutenção, emissões e ruído externo.

Embora o primeiro exemplar tenha sido lançado agora, o primeiro voo da aeronave só está previsto para o segundo semestre de 2016, com entrada em serviço prevista para 2018. Este é o primeiro dos quatro protótipos que serão usados na campanha de certificação da aeronave.

O E190-E2 terá o mesmo número de assentos do atual E190, podendo ser configurado com 97 lugares em duas classes de serviço, ou 106 em classe única. Outro ganho significativo do modelo E2 é a ampliação no raio de alcance da aeronave. Agora, serão 800 quilômetros a mais de distância que podem ser percorridos, com capacidade cobrir distâncias de mais de 5.000 km.

“Hoje demos mais um passo para o futuro da aviação comercial da Embraer com a apresentação mundial da nossa segunda geração de E-Jets”, disse Paulo Cesar Silva, Presidente da Embraer Aviação Comercial.

Durante a cerimônia de lançamento, compareceram diversas autoridades, como o tenente-brigadeiro Rossato, comandante da Aeronáutica, e Juniti Saito, ex-comandante da Aeronáutica, entre outros. Um pequeno show aéreo com as aeronaves produzidas pela Embraer antecedeu o rollout. Durante a apresentação, o EDA (Esquadrão de Demonstrações Aéreas), a famosa Esquadrilha da Fumaça, fazia manobras nos céus, acompanhada do KC-390, o maior avião fabricado no Brasil.

O programa E2 foi lançado em junho de 2013, com investimento de US$ 1,7 bilhão. Até hoje, já foram 640 pedidos, sendo 267 firmes e 373 opções de compra. A família de E-Jets da Embraer tem cerca de 70 clientes em 50 países, com participação de mais de 50% no mercado global de aeronaves entre 70 e 130 assentos.

* O repórter viajou a São José dos Campos (SP) a convite da Embraer

Nenhum comentário:

Postar um comentário