segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Em meio a crise, Azul cancela voos saindo de Cuiabá para Ribeirão Preto, Maringá e Porto Alegre

20/09/2015 - Olhar Direto

Da Redação - Wesley Santiago

Em meio a crise, Azul cancela voos saindo de Cuiabá para Ribeirão Preto, Maringá e Porto Alegre
Foto: Carlos A. Morillo Dória

Em meio a crise, Azul cancela voos saindo de Cuiabá para Ribeirão Preto, Maringá e Porto Alegre
A crise parece já bater a porta das companhias aéreas. A Azul Linhas Aéreas, que anunciou o cancelamento de algumas rotas saindo do Aeroporto Internacional Marechal Rondon, localizado em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), suspendeu mais dois voos na capital mato-grossense. A ligação entre Cuiabá e Ribeirão Preto (SP), inaugurada há pouco tempo, também deixará de ser operada no dia 05 de novembro. Além disto, a rota Cuiabá-Maringá-Porto Alegre também será excluída na mesma data.

Leia mais:
Azul suspende voo direto entre Cuiabá e Presidente Prudente; Guarulhos perde frequência

De acordo com as informações do Hotran (Horário de Transportes) da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), a companhia fez a solicitação para a exclusão do voo que ligava Cuiabá a Ribeirão Preto, no interior paulista (inaugurado em agosto). As viagens eram feitas na aeronave ATR-72, com capacidade para 70 passageiros e segundo consta, não estavam rendendo para a companhia. No dia 05 de novembro, ela não será mais operada.

A Azul também solicitou a exclusão do voo que ligava Cuiabá a Porto Alegre (RS), com escala em Maringá (PR). As viagens eram realizadas pela aeronave Embraer 190, com capacidade para 118 passageiros. O voo também deve ser encerrado no dia 05 de novembro deste ano. A rota, neste horário, estava vigente desde julho.

Vale lembrar que a intenção da companhia era expandir os destinos regionais com o novo Plano de Aviação Regional do Governo Federal. Porém, com a severa crise pela qual passa o país, o plano – assim como o subsidio de passagens – foi deixado de lado e pouco se viu para que houvesse avanços neste sentido. Este parece ser um dos principais motivos para a companhia cancelar algumas rotas que não estavam sendo rentáveis.

Como divulgou o Olhar Direto, a Azul também cancelou o voo direto entre Cuiabá e Presidente Prudente, que foi inaugurado há menos de um ano. A companhia ainda irá reduzir uma frequência diária entre a capital mato-grossense e Guarulhos (SP). Além disto, três frequências que ligam a ‘Cidade Verde’ a Vilhena (RO) deixarão de ser operadas. Segundo a assessoria de imprensa da Azul, para “atender demandas de mercado”, serão incluídas três frequências entre Alta Floresta e Cuiabá.

Por fim, foi dito que “os clientes que adquiriram passagens para voos após esta data serão reacomodados em outras operações da Azul ou terão reembolso integral. A companhia lamenta eventuais transtornos ocorridos a seus Clientes”. Com a suspensão do voo para Presidente Prudente, não há mais voo direto entre a cidade no interior paulista e Cuiabá, apenas com conexões.