segunda-feira, 29 de julho de 2013

Santos Dumont recebeu 100 mil passageiros no dia 30 de junho

09/07/2013 - Mercado & Eventos

A final da Copa das Confederações disputada entre Brasil e Espanha, domingo, dia 31 passado, fez com que o aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, batesse o seu recorde de passageiros. O secretário de Aviação Civil, ministro Moreira Franco, lembrou que, durante o eventos, os órgaos do setor fizeram um balanço diário da movimentação nos aeroportos e que não houve problemas.

"Foi o maior número de passageiros em um só dia", ressaltou Moreira Franco. Segundo o ministro, dados preliminares indicam que pelo menos 100 mil pessoas passaram pelo terminal naquele dia.

O ministro da Aviação Civil também antecipou que será dado um prêmio às equipes da Infraero, da Aeronáutica e das companhias aéreas com melhor desempenho no período da Copa. Pesquisa feita por uma consultoria, divida em oito pontos, deteminará os vencedores, que ganharão passagens aéreas e diplomas.

- Rafael Massadar

Viracopos fecha primeiro semestre como 6º mais movimentado do país

20/07/2013 - G1

Aeroporto registrou crescimento de 6,2% de janeiro a junho deste ano.
Apesar disso, número de passageiros internacionais despencou.

Do G1 Campinas e Região

Passageiros no saguão do aeroporto de Viracopos
(Foto: Reprodução/ EPTV)

Com um crescimento de 6,2% no número de passageiros de janeiro a junho em relação ao mesmo período do ano passado, o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), fechou o primeiro semestre do ano como o sexto terminal aéreo mais movimentado no país, segundo dados da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e de concessionárias.

Em 2012, o aeroporto foi o sétimo mais movimentado do país. Apesar dos números positivos, a tendência não se repete nos passageiros internacionais. No primeiro semestre, 20,6 mil pessoas de voos para o exterior passaram pelo terminal de Campinas, número 49% menor em relação ao mesmo período do ano passado.
Atualmente, Viracopos oferece voos para 60 destinos, mas apenas um internacional. O aeroporto opera, semanalmente, seis voos que partem ou chegam de Portugal. A previsão da concessionária é fechar 2013 com 9,8 milhões de passageiros, e, em 2014, são esperadas 14 milhões no terminal aéreo de Campinas.

Gargalos
Mesmo com o crescimento na demanda dos passageiros em Viracopos, um dos gargalos continua sendo a inexistência de uma pista alternativa de pousos e decolagens. A falta de uma opção em situações emergenciais deixou o terminal aéreo inoperante durante 45 horas em outubro do ano passado.

Uma das ações da concessionária foi adquirir um equipamento para deslocar aeronaves quebradas, caso situação semelhante a de 2012 ocorra. Segundo a concessionária, o uso da taxiway como pista alternativa de pouso e decolagem está em fase de planejamento, mas não foi informado um prazo para a conclusão.

Voos internacionais
Em relação a diminuição na demanda de voos internacionais, a concessionária afirma que, com a inauguração do novo terminal de passageiros, Viracopos terá a infraestrutura suficiente para receber novas companhias. A previsão do consórcio responsável pela ampliação do aeroporto é fechar o mês de julho com 44,5% das obras concluídas. Atualmente, 4,5 mil funcionários trabalham no canteiro.

Aeroporto Santos Dumont bate recorde de passageiros na Copa das Confederações

05/07/2013 - Agência Brasil

O secretário de Aviação Civil, ministro Moreira Franco, disse hoje (5) que os aeroportos dos municípios que receberam jogos da Copa das Confederações bateram recorde de passageiros, em especial, o Santos Dumont, no Rio de Janeiro, cidade em que foi disputada a partida final, entre Brasil e Espanha, domingo (30) passado.

"Foi o maior número de passageiros em um só dia", ressaltou Moreira Franco, em encontro com empresários na Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan). Segundo o ministro, dados preliminares indicam que pelo menos 100 mil pessoas passaram pelo terminal naquele dia.

Moreira Franco lembrou que, durante a Copa das Confederações, realizada do dia 15 ao dia 30 do mês passado, os órgaos do setor fizeram um balanço diário da movimentação nos aeroportos e que não houve problemas. Segundo o ministro, o próximo desafio é a vinda do papa Francisco ao Rio, em meados deste mês, para a Jornada Mundial da Juventude.

"Espero que tenhamos o mesmo resultado e empenho dos compaheiros da Infraero [Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária, estatal que administra os principais aeroportos do país] no encontro do Papa com os jovens", disse Moreira.

O ministro da Aviação Civil também antecipou que será dado um prêmio às equipes da Infraero, da Aeronáutica e das companhias aéreas com melhor desempenho no período da Copa. Pesquisa feita por uma consultoria, divida em oito pontos, deteminará os vencedores, que ganharão passagens aéreas e diplomas.

Da Agência Brasil.

‘A Azul não comprará a TAP’, diz Neeleman

12/06/2013 - O Estado de S.Paulo

DOW JONES E MARINA GAZZONI

A Azul não está interessada na compra da portuguesa TAP, disse ontem o empresário David Neeleman, presidente e fundador da Azul. "A Azul não vai comprar a TAP", ressaltou, em entrevista à agência Dow Jones.

As especulações de que a Azul possa comprar a companhia aérea portuguesa ganharam força após o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Fernando Pimentel, afirmar que o governo pode ajudar a Azul se ela desejar adquirir a TAP. A ajuda viria com financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Pimentel acompanhou a presidente Dilma Rousseff em uma visita oficial a Portugal no início desta semana.

Neeleman confirmou, no entanto, que conversou como governo brasileiro sobre ajudar a TAP. "Dissemos que poderíamos ajudar a TAP com conexões, por exemplo", disse, mas reiterou que a Azul está focada em sua oferta pública inicial de ações, prevista para este ano.

No mês passado, a Azul afirmou que, um ano depois de se juntar à concorrente Trip e assim se firmar como a terceira maior companhia de aviação do País, vai abrir o capital na bolsa e espera captar cerca de R$ 1 bilhão com a operação.

O governo português precisa vender a TAP até o fim do ano, sob as exigências do seu programa de resgate financeiro, mas o momento é difícil. A maioria das companhias aéreas europeias amarga prejuízos em suas operações domésticas.

O Brasil é o principal destino internacional da TAP e a companhia é líder na rota entre o País e a Europa, o que explicaria o interesse do governo na compra da companhia pela Azul.

Política. Desde que decidiu privatizar a TAP,em2011, o governo português reforçou os contatos com empresas e autoridades do governo brasileiro para pedir a participação de empresas ou investidores nacionais no processo de privatização.

Todas as grandes companhias aéreas brasileiras – Gol, TAM, Azul e Avianca – foram convidadas pelos portugueses a fazer uma proposta pela TAP. Gol, TAM e Azul não se interessaram pelo negócio. Já a Avianca fez uma proposta pela companhia aérea estatal portuguesa no fim de 2012 por meio de sua controladora, o grupo Synergy.

Apesar de ser o único a chegar à fase final do processo de privatização, o grupo Synergy teve sua proposta recusada pelo governo português por falta de garantias de pagamento. Assim, a privatização voltou a estaca zero. Agora, Portugal faz um novo apelo ao Brasil para angariar interessados por suas estatais.O governo brasileiro ofereceu o apoio do BNDES para a proposta da Azul, mas, nem assim, o negócio foi considerado atrativo por Neeleman.

Em Paris, Dilma anuncia plano para 800 aeroportos regionais

13/12/2012 - Folha de São Paulo

A presidente Dilma anunciou ontem que o governo pretende lançar um grande programa para construir 800 aeroportos regionais nos próximos anos -informação que a equipe técnica em Brasília não conseguia confirmar.

Sem detalhes prazos ou custos da criação dos terminais, Dilma disse que a meta é oferecer transporte aéreo a todas as cidades médias.

Porém, pela promessa de Dilma as cidades pequenas necessariamente terão que ser contempladas: apenas 283 municípios têm mais do que 100 mil habitantes.

O plano em formulação no governo prevê ampliar de 146 para 200 o número de aeroportos regionais. Para chegar ao total de 800, é preciso incluir na conta os aeródromos, que não têm capacidade para receber voos regionais.

Dilma afirmou que o país tem dimensões continentais e enfrenta um gargalo de infraestrutura. "Em algumas regiões só tem uma forma de chegar, é [por] aeroporto. Queremos que as cidades com até 100 mil habitantes tenham um aeroporto em torno de 50, no máximo 60 quilômetros delas. É uma necessidade também importante para o crescimento do país."

Poucos dias depois do anúncio do fim da Webjet, que reforçou a concentração do setor no duopólio TAM-Gol, Dilma disse que incentivará o fortalecimento da aviação regional "diferenciada da aviação de longo alcance".

"Temos de interiorizar o transporte aeroviário no Brasil. Precisamos de médias empresas regionais de aviação."

Ainda no setor de infraestrutura, Dilma prometeu unificar os órgãos que atuam nos portos e concluir em 2013 "praticamente todas" as licitações de ferrovias.

Ela ouviu apelos dos empresários para priorizar a tecnologia francesa na licitação do trem de alta velocidade que ligará o Rio a São Paulo.

A partir de 1º de agosto, Brasília terá voo direto para Buenos Aires

27/06/2013 - Correio Braziliense

Antes, em 10 de julho, poderá embarcar para Boston, nos Estados Unidos, com escala no Panamá. Em 2014, será inaugurada linha para a Europa

Flávia Maia
Larissa Garcia

Petrina foi a Miami em abril:
"O aeroporto tem que melhorar muito para
atender as demandas internacionais"

Buenos Aires é a nova rota internacional do Aeroporto Juscelino Kubitschek. A partir de 1º de agosto, Brasília terá voo diário e direto para a capital portenha. A Aerolíneas Argentinas fará a operação por meio da subsidiária Austral. Essa é a primeira autorização de voo internacional do terminal desde o início da concessão da Inframerica, cuja administração também é argentina. Com a inserção, a Inframérica pretende intensificar os itinerários para o exterior a partir do terminal local. Paris deve ser próximo destino. Em abril do próximo ano, a Air France inaugurará o segundo voo direto de Brasília rumo à Europa.

Para continuar atraindo investidores do exterior, a Inframerica contratou o serviço de uma empresa especializada em relacionamento com companhias aéreas. A Routes ASM participará da captação apresentando o Aeroporto JK e as características dos passageiros. "Somos o maior hub doméstico do país. Temos passageiros para alimentar os voos internacionais e é isso que pretendemos mostrar", explicou Daniel Ketchibachian, diretor Comercial da Inframerica.

Aeroporto de Bauru, SP, receberá pacote de obras de infraestrutura

19/07/2013 - G1

Aeroporto Moussa Tobias é o 5º em número de passageiros do Daesp.
Em 6 meses, local recebeu 65 mil usuários e 2 mil pousos e decolagens.

Do G1 Bauru e Marília

Aeroporto é o 5º em movimentação de passageiros
da rede do Daesp (Foto: Reprodução/TV Tem)

O Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp) abriu nesta semana a licitação para contratação de obras de infraestrutura no aeroporto Moussa Nakhal Tobias, em Bauru (SP). A abertura dos envelopes foi realizada nesta sexta-feira (19), na sede do Daesp, em São Paulo.

As melhorias contemplam a construção de vias de serviço, pátio para armazenar os equipamentos de rampa, laje de talude de cabeceira e cobertura metálica. O valor estimado para o pacote de obras é de R$ 2,98 milhões. O prazo de execução é de 150 dias, após a assinatura do contrato e Ordem de Início dos serviços.

Além disso, o Daesp concedeu, em junho, uma área para instalação de lanchonete no terminal de passageiros. O Aeroporto Estadual Moussa Nakhal Tobias é o quinto em movimentação de passageiros da rede do Daesp, entre os que operam com aviação regular. De janeiro a junho de 2013, recebeu 65.231 usuários e 2.006 pousos e decolagens.

O aeródromo é líder no transporte de cargas entre os 27 aeroportos regionais. Nos seis primeiros meses do ano recebeu 681.934 kg de produtos como calçados, roupas, artigos farmacêuticos, eletrônicos, documentos e encomendas em geral. Em 2012, a movimentação chegou a 1.900.884 kg.

sábado, 27 de julho de 2013

Aeroporto de Valença vai receber voo comercial direto de Salvador

28/06/2013 - G1

Operação será semanal e terá passagens com custo a partir de R$ 49.
Aeroporto de Valença só operava com táxi aéreo e voos particulares.

Do G1 BA

A partir de sábado (29), o aeroporto do município de Valença, no sul da Bahia, passará a receber voos comerciais vindos de Salvador. Segundo o governo do estado, a operação será, por enquanto, semanal e terá passagens com inicial de R$ 49.

O voo inaugural será realizado às 16h43 de sábado. Segundo o governo, a operação foi viabilizada após a assinatura do decreto, pelo governador Jaques Wagner, que prevê a redução da alíquota do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o combustível de aeronaves para voos regionais.

O aeroporto de Valença foi construído no ano 2000 e só operava com companhias de táxi aéreo e voos particulares.

Atrativos turísticos
Na região de Valença está situada no arquipélago de Tinharé, também conhecido como Costa do Dendê. No local, ficam as ilhas Morro de São Paulo e Boipeba, praias de Guaibim e Barra Grande, além de cachoeiras, comunidades quilombolas e equipamentos de turismo rural. Os 115 km de extensão litorânea da costa são administrados pela Prefeitura de Cairu.

A ilha de Morro de São Paulo está dividida em quatro praias. As mais procuradas são a primeira e a segunda praia. Durante o dia, Morro de São Paulo oferece ao visitante passeios de lancha pela terceira e quarta praias e também pela ilha de Boipeba.

Quem preferir também pode fazer uma caminhada ecológica que passa pelas praias de Cueira e Tassimirim, em Boipeba. Durante as estações mais quentes do ano, o turista pode aproveitar eventos como o Festival da Primavera, que costuma ser realizado em setembro e conta com shows musicais. O CarnaGamboa, carnaval da praia de Gamboa, acontece sempre em fevereiro e também é uma opção de divertimento.

De acordo com o governo da Bahia, dados da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) destacam que a costa recebe 660 mil turistas por ano, sendo cerca de 20% estrangeiros.

Embraer lança avião no maior salão aeronáutico do mundo, em Paris

17/06/2013 - G1

Empresa brasileira divulga nova geração de aviões regionais da família E2.
Aeronaves têm mais capacidade que atuais modelos E190 e E195.

Globo News

Nem a crise econômica que atingiu os principais países do mundo causou turbulência no mercado aeronáutico. O maior salão do mundo, o famoso Le Bourget, começou nesta segunda-feira (17) em Parisx. Realizado a cada dois anos, ele costuma ser palco de uma batalha de gigantes, a americana Boeing e a europeia Airbus. As empresas alugam estandes grandiosos e fazem voos de demonstração.

A brasileira Embraer lança no evento uma nova geração de aviões regionais da família batizada de E2, com capacidade para mais passageiros do que os atuais modelos E190 e E195, que têm entre 70 e 122 passageiros. Cerca de cem aeronaves já foram comercializadas.

Embraer vende 1º jato executivo Phenom 300 na China

27/06/2013 - G1

Aeronave foi certificada pelo órgão regulador do país em novembro.
Fabricante diz ter 31 pedidos em carteira na região desde 2004.
Da Reuters

A Embraer anunciou nesta quinta-feira (27) a venda do primeiro jato executivo Phenom 300 no mercado chinês, a ser incorporado à frota da Erdos General Aviation no terceiro trimestre.

O Phenom 300 foi certificado pelo órgão regulador do setor aéreo da China em novembro do ano passado, informou a Embraer.

A fabricante brasileira disse ter uma carteira de pedidos de 31 jatos executivos de vários modelos na região da Grande China desde 2004, quando a primeira aeronave foi entregue na região.

Aeroporto de Brasília inaugura mais 1,8 mil vagas em estacionamento

14/06/2013 - G1

Local foi ampliado para receber até 3,1 mil carros; antes cabiam 1,3 mil.
Falta de vagas era o principal problema apontado por fiscais da Anac.
Do G1 DF

Após três meses de obra, o Aeroporto Internacional de Brasília mais que dobrou o número de vagas no estacionamento pago: de 1,3 mil, o número de vagas disponíveis saltou para 3,1 mil. A ampliação do estacionamento foi inaugurada nesta sexta-feira (14).

Segundo a Inframerica, que administradora do terminal, funcionários trabalharam dia e noite para concluir a ampliação do estacionamento a tempo para a Copa das Confederações. A falta de vagas era o principal problema apontado por fiscais da Anac que percorreram o terminal nesta quarta (12).


Aeroporto inaugurou mais 1,8 mil vagas de estacionamento (área mais clara, à direita)
(Foto: Reprodução/TV Globo)

De acordo com administradora, 153 mil passageiros devem circular pelo aeroporto por causa do jogo de abertura da Copa das Confederações entre Brasil e Japão neste sábado – 36 mil a mais do que o aeroporto recebe em um fim de semana comum. A maior movimentação no aeroporto está prevista para ocorrer 12 horas antes e 12 horas depois do jogo.

Uma operação especial no aeroporto começou nesta quinta (13) e vai até a próxima segunda-feira (17). Entre as medidas está o aumento de 35% dos servidores nas áreas de atendimento ao usuário, limpeza, pátio, manutenção e segurança.
Mundial
A um ano do início da Copa do Mundo de 2014, a Embratur divulgou um levantamento que aponta aumento entre 200% e 300% nas tarifas que serão cobradas pela rede hoteleira nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo. As tarifas foram publicadas, em dólares, no site da Fifa. O estudo da Embratur compara preços praticados pelos hotéis entre junho e agosto de 2013 e no período da Copa das Confederações.

Segundo a Embratur, as tarifas são 2,5 vezes mais altas do que as praticadas em Berlim, no Mundial de 2006, e em Johannesburgo, na Copa do Mundo de 2010.

Em Brasília, a comparação foi realizada em dois hotéis cinco estrelas. No primeiro, a diária em agosto de 2013 custa U$ 134. Para a Copa do Mundo de 2014, o valor passa para U$ 639, uma variação de 376%. Na outra unidade, localizada a cerca de um quilômetro do Estádio Nacional Mané Garrincha, a diária em agosto deste ano está cotada a U$ 125 e em junho de 2014 custa U$ 392, variação de 213,6%.

Aeroporto de Brasília ganha voo diário para Boston, nos EUA

27/06/2013 - G1

Rota da Copa Airlines terá preço inicial das passagens de US$ 953.
Voos diretos e diários para Buenos Aires passam a funcionar em agosto.
Do G1 DF

O Aeroporto Internacional Juscelino Kubitscheck, em Brasília, terá voos diários para Boston, nos Estados Unidos, a partir de 10 de julho. A rota foi anunciada pela companhia Copa Airlines, com preço inicial das passagens de US$ 953. Os voos farão escala na Cidade do Panamá e terão duração média de dez horas e meia.


Aeroporto Internacional Juscelino Kubitscheck, em Brasília
(Foto: Reprodução/TV Globo)

As partidas da capital do país ocorrerão às 2h30, e as chegadas nos EUA serão às 18h16. A aeronave responsável pela rota é um Boeing 737700, com capacidade para 124 pessoas – 112 assentos na classe econômica e 12 na executiva.

De acordo com o GDF, um levantamento feito pelo Ministério do Turismo em 2011 apontou que a América do Norte foi a principal origem dos visitantes de Brasília, com 19.644 desembarques. A maior parte deles veio dos EUA – 17.963.

Argentina
A partir de agosto, Brasília e Buenos Aires passarão a ter voo direto. A saída do Aeroporto JK ocorrerá no início da madrugada. A aterrissagem acontecerá no Aeroporto Internacional Ministro Pistarini, em Ezeiza, região metropolitana de Buenos Aires.

De acordo com a Secretaria de Turismo, a Argentina é o país da América do Sul que mais envia turistas para Brasília. Entre as atrações da capital brasileira está a arquitetura.

Buenos Aires será o sétimo destino internacional a ter voos sem conexões para o aeroporto de Brasília, que opera voos para Miami e Atlanta, nos Estados Unidos; Lisboa, em Portugal e Cidade do Panamá, no Panamá. O terminal tem, ainda, um voo que liga diretamente o Brasil à Costa Rica e à Colômbia, através de suas capitais San José e Bogotá.

Aeroporto de Brasília ganha voo diário para Boston, nos EUA

27/06/2013 - G1

Rota da Copa Airlines terá preço inicial das passagens de US$ 953.
Voos diretos e diários para Buenos Aires passam a funcionar em agosto.
Do G1 DF

O Aeroporto Internacional Juscelino Kubitscheck, em Brasília, terá voos diários para Boston, nos Estados Unidos, a partir de 10 de julho. A rota foi anunciada pela companhia Copa Airlines, com preço inicial das passagens de US$ 953. Os voos farão escala na Cidade do Panamá e terão duração média de dez horas e meia.


Aeroporto Internacional Juscelino Kubitscheck, em Brasília
(Foto: Reprodução/TV Globo)

As partidas da capital do país ocorrerão às 2h30, e as chegadas nos EUA serão às 18h16. A aeronave responsável pela rota é um Boeing 737700, com capacidade para 124 pessoas – 112 assentos na classe econômica e 12 na executiva.

De acordo com o GDF, um levantamento feito pelo Ministério do Turismo em 2011 apontou que a América do Norte foi a principal origem dos visitantes de Brasília, com 19.644 desembarques. A maior parte deles veio dos EUA – 17.963.

Argentina
A partir de agosto, Brasília e Buenos Aires passarão a ter voo direto. A saída do Aeroporto JK ocorrerá no início da madrugada. A aterrissagem acontecerá no Aeroporto Internacional Ministro Pistarini, em Ezeiza, região metropolitana de Buenos Aires.

De acordo com a Secretaria de Turismo, a Argentina é o país da América do Sul que mais envia turistas para Brasília. Entre as atrações da capital brasileira está a arquitetura.

Buenos Aires será o sétimo destino internacional a ter voos sem conexões para o aeroporto de Brasília, que opera voos para Miami e Atlanta, nos Estados Unidos; Lisboa, em Portugal e Cidade do Panamá, no Panamá. O terminal tem, ainda, um voo que liga diretamente o Brasil à Costa Rica e à Colômbia, através de suas capitais San José e Bogotá.

Adiada retomada de voos comerciais em aeroporto de Resende, RJ

04/07/2013 - G1

Rota estaria ocupando espaço aéreo de outros aviões, diz prefeitura. Previsão é que empresa volte a funcionar no dia 15 de julho.

Do G1 Sul do Rio e Costa Verde

Pista do aeroporto de Resende
(Foto: Reprodução /TV Rio Sul)

A retomada dos voos comerciais no aeroporto de Resende (RJ) foi adiada mais uma vez. Uma reunião realizada no dia 10 junho, no Rio de Janeiro, havia definido que a data de reabertura seria nesta quinta-feira (4). Mas, segundo a prefeitura da cidade, o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) não assinou o documento autorizando o funcionamento porque a rota definida ocupa o espaço aéreo de outros aviões.

"Eles estão fazendo testes de motor de aeronaves em parte da rota [que seria utilizada pelo aeroporto de Resende]. Então, temos que conciliar esse desvio", explicou o Secretário de Indústria, Tecnologia e Serviços de Resende, Edgar Moreira.

O secretário informou ainda que uma nova data já foi definida para que os voos sejam retomados.

"Participei de uma reunião ontem [quarta-feira,3] em Brasília, e foi feito um novo traçado da linha. O documento já foi encaminhado para o Departamento de Controle do Espaço Aéreo [Decea] e será enviado a todas as partes envolvidas. Eles têm até segunda-feira (8) para responder. A previsão é que a empresa volte a funcionar normalmente no dia 15 de julho (segunda-feira)", concluiu Edgar.

Voos comerciais são retomados no aeroporto de Resende, RJ

15/07/2013 - G1

Destino é aeroporto de Viracopos, em Campinas, com conexões.

Passagens podem ser compradas pela internet, ou nos guichês.

Do G1 Sul do Rio e Costa Verde

Voos comerciais são retomados no aeroporto de Resende
(Foto: Gerlecir Oliveira/TV RIO SUL)

A partir desta segunda-feira (15), o Aeroporto de Resende (RJ) volta a ter voos comerciais regulares em uma rota entre a cidade e Campinas (SP). O serviço será realizado pela empresa Azul/Trip Linhas Aéreas.

O primeiro voo sairá de Resende às 11h20, e tem previsão de pouso às12h30 no Aeroporto de Viracopos, em Campinas. Também há a possibilidade de conexão para o Rio de Janeiro, Porto Alegre e Natal. Além disso, a empresa também disponibiliza transporte de ônibus gratuito para quem deseja seguir para o aeroporto de Congonhas (SP) ou para o terminal da Barra Funda (SP).

As passagens podem ser compradas pelo site da empresa aérea ou pelos guichês disponíveis no aeroporto.

Impasse

A reabertura, que seria no dia 4 de julho, foi adiada porque o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) não assinou o documento necessário para autorizar o funcionamento, alegando que a rota definida ocupava o espaço aéreo de outros aviões.

O reinício do voos foi acertado após uma reunião em Brasília (DF) entre o secretário municipal de Indústria, Tecnologia e Serviços de Resende e o Comando da Aeronáutica. Durante o encontro, foi encaminhado um ofício ao Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) solicitando a avaliação e aprovação dos novos documentos. Segundo nota da Prefeitura de Resende, a autorização para o início das atividades foi emitida na última semana.

Azul volta a operar em Resende (RJ)

27/06/2013 - Panrotas

O município de Resende (RJ) voltará a ser atendido pela Azul Linhas Aéreas. Com isso, a cidade no Vale do Aço fluminense terá uma ligação direta com o Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), hub da companhia que conta com conexões para mais de 50 destinos em todo País e com ligação rodoviária para São Paulo e cidades do interior paulista por meio de ônibus oferecidos gratuitamente pela aérea. Os voos de Campinas para Resende contam com escala em Varginha (MG).

A rota Campinas-Varginha-Resende-Campinas passa a ser operada a partir de 5 de julho, com cinco frequências semanais (de segunda a sexta-feira), em turboélices ATR 42 com capacidade para 48 passageiros. "Os voos no Aeroporto Agulhas Negras devem incrementar o desenvolvimento econômico de Resende, não apenas no segmento industrial, mas também na área de turismo", afirma o diretor de Planejamento da Azul Linhas Aéreas, Marcelo Bento.

Rafael Carreira

Executivo pretende criar "nova Varig"

28/06/2013 - Folha de São Paulo

Grande risco do plano de criação de superaérea é que ele afete a abertura de capital da Azul, em São Paulo e NY

Compra da americana JetBlue é um sonho antigo de Neeleman, que criou a empresa, mas foi demitido dela

Com a TAM integrada à uma companhia chilena e a Gol sem demonstrar apetite para avançar no mercado internacional de longo curso, o sonho de David Neeleman é transformar a Azul na empresa brasileira de bandeira, no espaço que já foi da Varig.

A integração das operações de Azul, JetBlue e TAP permitiria ao Brasil ter ligações diretas com EUA, América Central, Europa e África.

A TAP é a empresa europeia com mais voos para a África, continente considerado estratégico para o Brasil. Também agrada ao governo brasileiro o fato de a TAP ter uma presença descentralizada dentro do Brasil, com voos para nove cidades, de Porto Alegre a Fortaleza.

Já a JetBlue tem ampliado sua presença na América Central e, em novembro, avança mais ao sul, com a inauguração de um voo de Fort Lauderdale, na Flórida, para Lima, no Peru.

Dentro desse plano, a Azul poderia levar passageiros de diversas cidades do Brasil para um ponto na América Central, como em Porto Rico, e dali fazer conexão com os voos da JetBlue para os EUA.

David Neeleman não está só na disputa pela TAP. O grupo Synergy --dono da Avianca e único que fez proposta para comprar a companhia no ano passado, mas que acabou rejeitada pelo governo português na última hora-- também tem interesse.

"Quando o governo português decidir abrir a concorrência novamente, nós vamos olhar", afirmou José Efro- movich, presidente da Avianca Brasil.

RISCO

O grande risco do plano de Neeleman é que a operação afete a abertura de capital da Azul nas Bolsas de Nova York e São Paulo. A operação estava prevista para julho, mas foi adiada. Embora a Azul não faça parte do fundo que faria ofertas pela TAP e pela JetBlue, Neeleman é o seu principal acionista.

"Adiamos a abertura de capital por causa do câmbio e da realidade do mercado. A Azul está crescendo bastante e tem potencial para valer mais do que a JetBlue", afirmou Neeleman.

A compra da JetBlue é um sonho antigo de Neeleman, que nunca digeriu o fato de ter sido demitido do comando da empresa que criou.

Ele perdeu o cargo após divergências com o conselho de administração sobre como lidar com os efeitos de uma forte tempestade que paralisou as operações da companhia, em 2007. (MARIANA BARBOSA E JULIO WIZIACK)

RAIO-X DA JETBLUE

FROTA
180 aeronaves
TRANSPORTE DE PASSAGEIROS EM 2012
6º maior dos EUA
DESTINOS
75
PAÍSES
15
RECEITA COM PASSAGEIROS EM 2012
US$ 4,5 bilhões

Fonte: empresa

RAIO-X DA TAP
FROTA
71 aeronaves
PASSAGEIROS TRANSPORTADOS POR ANO
10,2 milhões
DESTINOS
77 destinos
PAÍSES
35
FATURAMENTO ANUAL
R$ 6,5 bilhões

Fonte: empresa

Azul anuncia operação de nova rota entre Belo Horizonte-Cuiabá

15/07/2013 - Mercado & Eventos

A Azul anunciou nesta segunda-feira (15/07) que ampliará sua malha de voos a partir de Confins (MG), um de seus principais hubs. A companhia recebeu sinal verde da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para operar uma nova rota ligando a capital mineira a Cuiabá a partir de 23 de julho. Os voos serão operados diariamente pelas aeronaves Embraer 195. As passagens para o novo voo já estão disponíveis em todos os canais de vendas da Azul com tarifas a partir de R$ 169,90 o trecho. "A Azul será a única aérea a oferecer esta ligação direta, uma vez que esse voo era operado com escala. Em horários bastante convenientes, os voos permitem aos Clientes que viajam a negócios, ir e voltar no mesmo dia, facilitando a trajeto entre as duas cidades", diz Marcelo Bento, diretor de Alianças e Planejamento da Azul.

Além da futura operação para Cuiabá, a partir de Confins, os Clientes podem se conectar a 28 destinos. São eles: Aracajú, Belém, Porto Seguro, Brasília, Carajás, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Rio de Janeiro (Galeão), Guarulhos, Goiânia, Ipatinga, Marabá, Manaus, Montes Claros, Natal, Porto Alegre, Porto Velho, Ribeirão Preto, Recife, Rio de Janeiro (Santos Dumont), São José dos Campos, Salvador, São Luís, Uberlândia, Campinas, Vitória da Conquista e Vitória.

Mais informações: www.voeazul.com.br

BH terá voo direto para Altamira

21/06/2013 - Estado de Minas

Pedro Rocha Franco

De olho na demanda criada com a construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, a companhia aérea Azul dá início à operação da rota Belo Horizonte-Altamira, no Pará. A partir de 4 de julho, de segunda a sexta-feira e aos domingos, sairão voos do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na Grande BH, sem escala, com destino à cidade paraense. As passagens custam a partir de R$ 299 por trecho.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou o funcionamento da rota, com aeronaves de 118 lugares. Os voos saindo da capital mineira estão previstos para as 20h30, com chegada às 23h. No sentido contrário, o trecho funcionará de segunda-feira a sábado, com horário programado para as 7h40 e previsão de pouso em Confins às 10h43. Segundo a companhia, os horários, tidos como nobres, visam a favorecer o fluxo de clientes de negócios e atender a demanda crescente para a região. A empresa explica que é preciso fazer reservas com pelo menos 28 dias de antecedência para viagens de ida e volta. As marcações devem ser feitas juntas.

PUXADINHO A definição do consórcio que irá executar a obra do terminal provisório do aeroporto de Confins se arrasta. A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) aguarda a entrega de toda a documentação necessária para aprovação das empresas mineiras Urb Topo e EPC Engenharia e assinatura do contrato. A entrega do terminal está prevista para abril do ano que vem.

Alckimin anuncia concessão dos cinco primeiros aeroportos

18/06/2013 - Assessoria de Imprensa

O processo de transição das concessões será coordenado pelo Daesp

O governador Geraldo Alckmin anunciou nesta segunda-feira, 17, a concessão da administração dos aeroportos de Campos dos Amarais (Campinas), Comandante Rolim Adolfo Amaro (Jundiaí), Artur Siqueira (Bragança Paulista), Gastão Madeira (Ubatuba) e Antônio Ribeiro Nogueira Jr. (Itanhaém).

De acordo com o governador, São Paulo está à frente dos demais Estados em termos de projeto, diagnóstico da situação e de demanda.

"Esperamos ter grande ganho na operação com o setor privado nos serviços e investimentos novos. Nós deveremos apresentar o projeto hoje, uma concessão só, dos primeiros cinco aeroportos", destacou Alckmin.

O projeto de concessão foi realizado pelo Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (DAESP), órgão vinculado à Secretaria de Logística e Transportes (SLT), e encontra-se em estudo pela Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República para dar continuidade ao programa.

O Daesp, que administra estes aeroportos desde 1981, coordena todo o processo de transição.

Hoje o projeto foi apresentado para o Programa Estadual de Desestatização (PED), que visa à privatização de empresas estatais. Nova reunião do PED para discutir o assunto está programada para julho.

Sobre os aeroportos

O aeroporto Estadual Campo do Amarais (Campinas) opera com aviação geral (executiva e táxi aéreo). Em 2012, recebeu 28.200 usuários e registrou 33.500 pousos e decolagens. De janeiro a maio de 2013, recebeu 12.170 passageiros e registrou 14.440 pousos/decolagens. Possui pista de 1.650m, terminal de passageiros com 230m² e estacionamento com capacidade para 50 veículos. Está localizado a oito quilômetros do centro da cidade.
O aeroporto Estadual Artur Siqueira (Bragança Paulista) possui pista de 1.200m, terminal de passageiros com 225 m², estacionamento para 76 veículos e está localizado a três quilômetros do centro da cidade. O aeroporto já está preparado para operar voos noturnos, dependendo apenas da homologação do DECEA e ANAC. Em 2012, movimentou 43.850 usuários e 42.936 pousos e decolagens. De janeiro a maio de 2013, passaram pelo local 16.390 usuários e 16.328 pousos e decolagens.
O aeroporto Estadual Comandante Rolim Adolfo Amaro (Jundiaí) registrou entre 2011 e 2012 um crescimento de 23% na movimentação de aeronaves. O aeródromo possui 1.400m, terminal de passageiros com 494 m², estacionamento para 50 veículos. Está localizado a sete quilômetros do centro da cidade. Em 2012, recebeu 21.031 passageiros e 99.284 pousos e decolagens. Já em 2013, recebeu 7.650 usuários e 41.440 pousos e decolagens.

O aeroporto Estadual Antônio Ribeiro Nogueira Jr. (Itanhaém) possui pista de 1.350m, terminal de passageiros com 500 m², estacionamento para 24 veículos e está localizado a três quilômetros do centro da cidade e opera voos noturnos. Em 2012, recebeu 16.677 passageiros e 23.620 pousos e decolagens. Já em 2013, movimentou 5.340 usuários e 10.809 pousos e decolagens.
O aeroporto Estadual Gastão Madeira (Ubatuba) recebeu, de janeiro a dezembro de 2012, 7.356 passageiros e 1.142 pousos e decolagens. Em 2013 recebeu 3.618 passageiros e 2.527 pousos e decolagens. A pista do aeródromo possui 940m, terminal de passageiros com 70 m² e estacionamento para 15 veículos. Está localizado a um quilômetro do centro da cidade.

Investimentos do Estado

O movimento de passageiros cresceu 12% nos 27 aeroportos administrados pelo Daesp, entre janeiro e novembro de 2012. Passaram pelos terminais regionais 2.616.151 passageiros, frente 2.343.349 no mesmo período de 2011. O aumento é reflexo dos investimentos feitos pelo Estado em modernização e infraestrutura. Em 2011, foram destinados R$ 60 milhões em melhorias e em 2012 os recursos somaram R$ 78 milhões. O pacote de obras contemplou projetos para reforma e ampliações de cinco terminais de passageiros e ampliações de pistas, pátios e estacionamentos de veículos. Na área de segurança, o governo adquiriu oito caminhões de combate a incêndio, implantação de circuito de TV, entre outros.

Dos 27 aeroportos do Daesp, seis operam com aviação regular (comercial): Ribeirão Preto, S. José do Rio Preto, Araçatuba, Marília, Bauru/Arealva e Presidente Prudente. Os outros 21 aeroportos recebem a aviação geral (executiva, táxi aéreo).

Assessoria de Imprensa
Secretaria Estadual de Logística e Transportes
Tel. (11) 3702-8111 a 8116
transportes@transportes.sp.gov.br
Enviar por E-mail Imprimir Notícia

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Aeroporto de Resende, no Sul do RJ, fará voos para Campinas, SP

11/06/2013 - G1

Cidade poderá ter novos destinos, diz responsável.
Previsão para reabertura é no próximo dia 4 de julho.

Do G1 Sul do Rio e Costa Verde

Aeroporto de Resende
(Foto: Reprodução TV Rio Sul)

Foi renovado o acordo para o funcionamento do aeroporto de Resende (RJ), que será reaberto no próximo dia 4 de julho. De acordo com o secretário de Indústria, Tecnologia e Serviços do município, Edgar Moreira, a decisão foi tomada após uma reunião entre representantes da prefeitura, Infraero, Embraer, Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DCEA), a Força Aérea Brasileira (FAB), os setores de Proteção do Espaço Aéreo dos estados do Rio, São Paulo e Paraná, que aconteceu na última segunda-feira (10), no Rio de Janeiro (RJ). Na ocasião, outras questões foram acertadas.

Com destino a Campinas (SP), os passageiros poderão ir até São Paulo, pagando apenas uma passagem. "As pessoas que quiserem ir para São Paulo, poderão pegar o avião aqui em Resende para Campinas e lá a empresa responsável disponibilizará um ônibus para a capital que chega em até 40 minutos", explicou o secretário. Além da definição da rota, foi discutida a altitude do voo, com o objetivo de assegurar o trajeto, uma vez que Resende é usada para outros trabalhos aéreos.

"A cidade tem um espaço aéreo reservado para os caças da Base Aérea de Santa Cruz e voos experimentais da Embraer, que são delimitados por altitudes. Para evitar que qualquer trabalho seja prejudicado e por normas de segurança, resolvemos assinar esse acordo", explicou Moreira.

Novos destinos
Ainda de acordo com o responsável pelo aeroporto, a cidade poderá ter outros destinos, mas sem previsão de quando irá funcionar. "Faremos uma reunião ainda hoje [terça-feira (11)] com representantes de uma empresa que fazer o destino Porto Alegre (RS) / Rio de Janeiro, passando pelas cidades: Santa Maria (RS), Lages (SC), Guarulhos (SP), Resende (RJ) até o Rio de Janeiro", contou.

Embraer e International Lease assinam acordo de venda de 50 jatos

17/07/2013 - G1

Valor OnLine

A Embraer Aviação Comercial e a International Lease Finance Corporation (ILFC), líder global no mercado de leasing e revenda de jatos para companhias aéreas, assinaram um acordo final para a venda firme de 50 aviões, sendo 25 do modelo E190-E2 e 25 do E195-E2. O pedido firme tem um valor estimado de US$ 2,85 bilhões, a preço de lista.

O contrato, anunciado como carta de intenções durante o último Paris Air Show, em junho, também contempla opções para 25 aeronaves E190-E2 e 25 do modelo E195-E2 adicionais, o que eleva o potencial do pedido para até 100 aviões.

De acordo com o comunicado da Embraer, os três novos aviões (E175-E2, E190-E2 e E195-E2) são designados 'E2', que significa uma mudança geracional em tecnologia que foi incorporada ao projeto.

A fabricante de aeronaves afirma que os motores de última geração, em conjunto com novas asas aerodinamicamente avançadas e aprimoramentos em outros sistemas, resultarão em melhorias de dois dígitos no consumo de combustível, custos de manutenção, emissões e ruído externo.

A primeira entrega de um dos aviões, o E190-E2, está prevista para o primeiro semestre de 2018. O E195-E2 está programado para entrar em serviço em 2019 e o E175-E2, em 2020.

Anac autoriza funcionamento da Asiana Airlines no País

25/07/2013 - Paraná-online

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou o funcionamento no Brasil da empresa Asiana Airlines, companhia da Coreia do Sul, com capital destacado de R$ 10 mil. A empresa pretende operar no território nacional serviço de transporte aéreo público internacional regular de passageiro e também de carga e mala postal. A decisão está publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 25.

Tam lança voo direto entre São Paulo/Guarulhos e Joinville

24/07/2013 - Mercado & Eventos

A Tam anunciou o início de suas operações diretas entre as cidades de São Paulo/Guarulhos e Joinville (SC). A nova rota da companhia será exclusiva no mercado aéreo e atenderá ao destino com um voo diário, de segunda à sábado, sem escalas. Além da nova operação, a Tam atende aos mercados de São Paulo e Joinville com duas frequências diárias entre a cidade catarinense e o Aeroporto de Congonhas.

A operação será iniciada no dia 3 de setembro e dará aos clientes que embarcam em Joinville a possibilidade de acesso direto às conexões internacionais, eliminando a necessidade de descolamentos para Curitiba ou Florianópolis, por exemplo.

Às segundas, quartas e sextas-feiras, o voo JJ 3790 partirá do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, às 8h15, com previsão de pouso em Joinville às 9h20. No sentido inverso, o voo JJ 3791 decolará da cidade catarinense às 10h15, com chegada a São Paulo estimada às 11h20. Já às terças, quintas e sábados, o voo JJ 3793 tem a decolagem de São Paulo programada para as 16h10 e chegada a Joinville prevista para as 17h. O voo de volta, JJ 3792, partirá de Joinville às 17h30, com aterrissagem estimada no aeroporto paulista às 19h.

- Rafael Massadar

Viracopos registra recorde histórico de pousos e decolagens

24/07/2013 - G1

Aeroporto de Campinas operou 404 movimentos nesta terça-feira.
No primeiro semestre deste ano, média diária no terminal é de 350.

Do G1 Campinas e Região

Torre de controle do Aeroporto Internacional de
Viracopos (Foto: Reprodução / EPTV)

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), operou 404 pousos e decolagens nesta terça-feira (23), e ultrapassou o antigo recorde histórico, que era de fevereiro deste ano. O número ficou 15,4% acima da média diária do registrada no terminal aéreo no primeiro semestre deste ano, de 350.

Segundo a concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, dos 404 movimentos no aeroporto, 205 foram pousos e 199 decolagens. No recorde anterior, haviam sido 399. Nesta terça-feira, o terminal aéreo de Campinas recebeu 8 voos alternados de Congonhas, o que ajudou a consolidar a nova marca.

Apesar do crescimento, Viracopos continua sem uma opção emergencial para pousos e decolagens. Segundo a concessionária que administra o terminal aérero, o uso da taxiway como pista alternativa está em fase de planejamento, mas não foi informado um prazo para a conclusão.

Números em 2013

O aeroporto de Viracopos registrou crescimento de 6,2% no número de passageiros de janeiro a junho em relação ao mesmo período do ano passado, e fechou o primeiro semestre do ano como o sexto terminal aéreo mais movimentado no país, segundo dados da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e de concessionárias.

Em 2012, o aeroporto foi o sétimo mais movimentado do país. Apesar dos números positivos, a tendência não se repete nos passageiros internacionais. No primeiro semestre, 20,6 mil pessoas de voos para o exterior passaram pelo terminal de Campinas, número 49% menor em relação ao mesmo período do ano passado.

Em relação à diminuição na demanda de voos internacionais, a concessionária afirma que, com a inauguração do novo terminal de passageiros, prevista para maio de 2014, Viracopos terá a infraestrutura suficiente para receber novas companhias. A previsão do consórcio responsável pela ampliação do aeroporto é fechar o mês de julho com 44,5% das obras concluídas. Atualmente, 4,5 mil funcionários trabalham no canteiro.

terça-feira, 23 de julho de 2013

Avianca terá voo diário entre Porto Alegre e Lima

22/07/2013 - Panrotas

A Avianca anunciou hoje que aumentará a frequência entre Porto Alegre e Lima a partir do dia 15 de novembro. De acordo com a companhia, que passou de três voos semanais a um diário, a ação oferecerá mais opções aos passageiros e atenderá a demanda do segmento corporativo e de turismo que contam com diversas oportunidades de conexão para outras localidades no mundo.

Segundo o diretor da Divisão Internacional da Avianca no Brasil, Ian Gillespie, o aumento da frequência para voo diário de Porto Alegre a Lima e o aumento da capacidade em aeronaves A330 a Miami é uma resposta ao aumento da demanda de passageiros. "Oferecemos uma substancial melhora na conexão do sul, procurando oferecer sempre um serviço superior na experiência de viagem dos nossos passageiros."

O VOO

A nova frequência da Avianca sai de Lima às 23h02, com chegada às 5h58 do dia seguinte em Porto Alegre. No sentido contrário, a saída da capital gaúcha acontece às 6h33, com chegada em Lima às 9h32. A partir de Lima, a companhia tem voos diários para Miami, com saída às 10h04 e chegada às 16h48.